Terceira Guerra Mundial: A Batalha Final – FIM

700_e56a5aaaa4d4d4028064098366b12407[1]

POR FRANCISCO SANTOS

Como vimos no capitulo anterior, o bloco comunista formado por China, Índia e encabeçados pela NURSS parece cada vez mais perto da vitória, os EUA e Canadá se veem sitiados, na América do Sul, o Brasil ocupa 70% do continente, indo do Pacífico ao Atlântico, apenas a Colômbia, Uruguai e o Chile existem como países soberanos, a guerra esta cada vez mais perto do fim.

As forças comunistas agora voltam suas atenções para a riqueza do Brasil e a derrubada da então maior potência militar do mundo, pois ainda não sucumbiu diante da ameaça do regime socialista tirano e assassino.

Em resposta ao afundamento da esquadra brasileira por navios chineses após a traição do uruguaia, o Brasil tomou a decisão mais difícil de toda sua história e ordenou uma invasão sem precedentes no Uruguai, toda a infra estrutura do país vizinho foi destruída, hotéis, estradas, escolas, aeroportos e fabricas foram reduzidas a cinzas, nem mesmo hospitais foram poupados no ataque, foi uma invasão rápida e o presidente uruguaio morreu em um bombardeio de baterias Astros 2020 lançado a partir do Rio Grande do Sul.

Ao mesmo tempo a Força Aérea Brasileira entregava definitivamente o Projeto Embraer 14-BX, o caça de 6ª geração capaz de atingir Mach 6, cerca de três vezes mais rápido que todos os caças inimigos, incluindo o T-50 e o J-20/J-31 da Rússia e China respectivamente. O projeto havia sido usado no começo da guerra para atacar tropas soviéticas e venezuelanas, porém apenas um modelo de testes que foi rapidamente adaptado para combate foi usado, mais completo e mais mortal a aeronave se prepara agora para sua primeira missão e a mais importante da história de nosso país.

Os líderes Europeus chegam em segurança…

O navio Sabóia atraca no Rio de janeiro com os líderes europeus evacuados do velho porta-aviões espanhol afundado pelos chineses junto a esquadra de navios brasileiros que em um esforço heroico garantiram a segurança dos líderes.

Apesar da humilhante derrota sofrida pela Marinha do Brasil frente a poderosa marinha chinesa, os militares souberam aproveitar o fato de os comunistas acharem que os líderes estão mortos e não iriam mais focar nas resistências internas dos países europeus conquistados deixando assim a resistência livre para coordenar um ataque massivo contra o regime comunista.

A NURSS comete um erro fatal…

Cético pelo fim da guerra e a consequente derrota dos EUA, seu maior inimigo desde os primórdios da antiga URSS,  a então Nova União Soviética para finalizar de uma vez por todas os EUA e evitar o uso de armas nucleares que poderiam levar o mundo a destruição, o Comando Central das Forças Soviéticas ordenou que todos os navios da Marinha Soviética se dirigissem para os EUA e Caribe para lançarem o maior ataque naval da história da humanidade com mais de 300 navios abrindo fogo contra os EUA e dezenas de outros desembarcando tropas (Vale lembrar que no dia D foram utilizados centenas de navios porém  estes eram navios civis e militares de porte pequeno, ainda não existiam navios como os Mistral e homólogos), com o cerco a Marinha Americana seria obrigada a recuar todos os navios para defenderem o país, ate então os soviéticos desprezaram o Brasil que acabara de perder 15 navios de sua frota e tinha outros mais de 30 em manutenção ou avariados na grande guerra com a Argentina deixando nossa marinha com pouco mais de 100 navios, era o que relatava a N-KGB (Nova KGB) em um relatório de inteligência com a colaboração de espiões uruguaios a serviço dos comunistas.

A  China que já foi parceira econômica do Brasil e hoje cobiça as riquezas de nosso país também aderiu a ideia soviética temendo que os russos tomem para si a glória da derrota americana e é claro para assegurar territórios americanos e fontes de tecnologia militar que eram cobiçadas tanto pela Índia como pela China.

Todos os navios de guerra Chineses e Indianos também se juntaram a operação Dragão Vermelho como foi batizada pelos soviéticos, a ideia dos comunistas era simples: Bloquear, sufocar e conquistar, ou seja, na prática os navios acabariam com a marinha americana  ate certo ponto da costa, assim os aviões da Força Aérea Americana não teriam autonomia para adentrar mar a dentro.

Para que este plano funcionasse, a frota de porta-aviões americanos deveriam estar inutilizadas, presa ou afundada, por isso os soviéticos criaram um plano de distração, e enviaram uma frota de alguns navios para o Alasca, obrigando que os porta-aviões americanos fossem acionados para patrulhar e caçar os navios que supostamente pretendiam lançar um ataque nuclear aos EUA através de navios, a estratégia deu certo, os EUA comedo de um ataque iminente, enviou 8 dos 10 navios porta aviões para o Alasca onde somente no contorno ate o outro lado do país gastariam dias, era tudo o que os soviéticos queriam, afinal americanos são tão fáceis de enganar, era o que diziam os comandantes soviéticos.

Espionagem a moda antiga…

A Rede de espiões em Kiev na Ucrânia ocupada pelos comunistas na crise da Crimeia anos antes do conflito, conseguiram captar a informação de todo o plano do eixo comunista, era a chance de a resistência acabar com as tropas comunistas na Europa, afinal os países não dispunham de proteção naval e as tropas soviéticas foram concentradas no grande ataque aos EUA, a divisão de tanques da Rússia foi envida todinha para a fronteira com o Alasca onde os Soviéticos pensavam que seria o ponto de desembarque de um possível contra ataque americano e canadense, com isso as forças de ocupação na Europa estavam enfraquecidas, afinal os comunistas acham que a resistência havia morrido com seus líderes que supostamente foram mortos no ataque a esquadra brasileira.

Imediatamente a rede de espionagem clandestina da Europa entrou em contato com a ABIN  (Agência brasileira de Inteligência) relatando o plano soviético, imediatamente o presidente brasileiro entrou em contato em uma linha segura com a Casa Branca e relatou o fato, os EUA já haviam detectado navios  no Alasca mas era somente uma distração afirmava o presidente com base nas informações obtidas de espiões a moda antiga, a enorme frota naval comunista foi então detectada por satélites da  USAF que viram um “mar” de navios em  direção aos EUA, eram tantos navios que mais pareciam um congestionamento de carros no mar.

Imediatamente um Almirante da Marinha do Brasil se levantou de trás da mesa presidencial brasileira e sugeriu um contra ataque da mesma magnitude porém ao contrário, se todos os navios comunistas estão no mar rumo aos EUA, quem defende a costa dos países soviéticos?

Imediatamente todos olharam-se e ergueram suas cabeças com um olhar de esperança e imediatamente olharam para a telona onde aparecia o presidente americano e seus conselheiros, os comandantes militares americanos teimavam em não aceitar a ideia do ataque conjunto, pois os navios deveriam ser usados para defender a costa americana apesar na numérica desvantagem, no entanto o Comandante da US Navy imediatamente lembrou dos porta-aviões americanos enviados ao Alasca, os Soviéticos acham que não sabemos da armadilha, pode ser um ponto a nosso favor, e então foi decidido, todos os navios da Marinha Brasileira, os porta aviões americanos e navios de patrulha espalhados pelo mundo, navios da Africa do Sul, Paquistão, Colômbia, Chile, Canada, Austrália   e países aliados se juntaram na maior frota naval de contra ataque da história, porém bem menor que a força comunista, mas era a última esperança.

O Projeto Poseidon…

Após 1 guerra vencida e uma guerra em andamento a Engepron, empresa naval brasileira entregou o projeto ultra-secreto batizado de Poseidon o deus dos mares, secretamente o Brasil vinha construindo 4 super porta-aviões equipados com  reatores nucleares e com capacidade para 60 aviões de combate em tempos de guerra e mais equipamento bélico necessário, o Brasil  untava seus 4 novos super porta-aviões aos 4 convencionais já comissionados e os 10 porta-aviões americanos, formando assim a maior frota de porta-aviões do mundo, com isso faltava agora definir os pontos de ataque e os alvos foram bem definidos: Inglaterra, França, Espanha, Itália, Alemanha e Rússia no coração do império soviético, na prática a ideia do ataque é simples, ao saber do ataque devastador das forças aliadas a imensa frota naval comunista retornaria imediatamente para defender seu país, ou o tiro pode sair pela culatra e a força invadir os EUA e seguir para o Brasil que ficou praticamente desguarnecido de defesa, para isso a Marinha do Brasil posicionou todas as usas baterias de Astros II e Astros 2020 nas costas brasileiras aliado a reativação dos fortes navais como o forte de Copacabana reativado após naos desativado.

A batalha final…

Os navios chegaram aos EUA e começaram o embargo gigantesco, como é do feitil dos soviéticos e chineses, eles se gabaram e deram aos EUA 48 horas para se renderem, tempo suficiente para que a frota dos aliados chegassem a Europa. Enquanto isso os soldados dos países europeus que resistiram a captura ou a  morte organizavam ataques as comunicações dos soldados soviéticos que ocupavam seus países impedindo uma coordenação de contra ataque aos aliados, nas costas as fortificações anti navio eram explodida pela resistência, os ataques romperam as comunicações com Moscou, Pequim e Nova Deli, o eixo comunista de nada suspeitava.

Em Berlim na Alemanha, um soldado soviético fuma um cigarro e vê ao longe um caça de aparência estranha nunca antes vista, ele aciona então o alarme que ecoa por toda a cidade em um sistema de ataque anti aéreo instalado pelos soviéticos, imediatamente os soldados tomam as posições, quando iam atirar só ouvem um barulho ensurdecedor e “Booom”, tudo no raio de 5 quadros desaparecera, eram os 14 BX da Embraer o Super Avião que foi lançado de um dos navios Poseidon da Marinha do Brasil, a frota de navios chegava a Europa, os Porta aviões tinham lançado todos os aviões, os comunistas descuidaram da segurança da Europa e priorizaram a fronteira da NURSS com o Alasca nos EUA, imediatamente as poucas divisões aéreas soviéticas formada por caças Mig-29 e Su-35 foram abatidas pelo 14 BX e o F-35 apoiados pelo F-22, as aeronaves T-50 e J-20 e J-31 foram enviadas para o grande ataque ou estão empregadas na segurança dos países comunistas, imediatamente soldados desembarcaram nas prais europeias e tomaram de assalto soldados soviéticos que vendo que não tinham chance se renderam, soldados que eram mantidos em campos de concentração militar de prisioneiros eram libertos e imediatamente se juntavam a luta, a população não acreditava no que viam e saiam para as ruas para comemorar.

Imediatamente Moscou foi alertada dos ataques através de um sistemas de monitoramento do GLONASS, quando menos se esperou aeronaves 14 BX lançaram ataques sobre Moscou, incrédulos os comandantes militares soviéticos não acreditavam no que viam, enquanto eles faziam um embargo marítimo e um super bloqueio aos EUA seu próprio país era atacado e os T-50 tidos ate então como os aviões mais poderosos do mundo caem como moscas diante do 14 BX que já esta sendo chamado de Diabo Negro pelos pilotos soviéticos, o avião é tão rápido que nem os radares soviéticos captam a localização exata dos aviões hipersônicos .

Pelo mundo países como Paquistão e Coréia do Sul lançam ataques a Índia e China respectivamente, sempre ataques navais, arruinando ou destruindo as costas, na China a Coreia do Sul destrói o parque industrial chines acabando com toda a logística de armas do país comunista, se aproveitando dos ataques a população se rebela e derruba o governo comunista e ditatorial da China, o povo se liberta da opressão comunista chinesa.

A Índia sofre ataques pesados do Paquistão que concentra as poucas forças que lhe restam em ataques contra as cidades litorâneas indianas sem proteção alguma, a Força Aérea e Exército indiano estão em frangalhos após os primeiros confrontos nucleares que acabaram com os dois países, sem saída a Índia assina a rendição, a China agora esta nas mãos do povo e não mais de um partido comunista, eles decidem sair desta guerra em que nunca deveriam ter entrado, a Europa foi retomada naquela que ficará conhecida como a Guerra dos Navios.

Imediatamente chega a notícia da rendição indiana aos paquistaneses, incrédulos os marinheiros indianos recebem a notícia de que seu país esta sendo atacado e se rendeu posteriormente, para os indianos a guerra acabou e os navios voltam para casa para reconstruírem seu país.

Os chineses também recebem a mesma notícia e imediatamente os oficiais que se recusam a receber as ordens de retirada são presos pelos próprios marinheiros que lançam a bandeira vermelha da antiga china comunista ao mar e penduram uma bandeira branca simbolizando a paz com o mundo e com o seu povo.

Os soviéticos estão nervosos e querem tentar uma ultima virada, o lançamento de armas nucleares contra os EUA e contra o brasil tido por eles como responsáveis por essa derrota que quase se tornou uma vitória magnifica dos soviéticos que por arrogância e ganância sofreram a maior derrota de sua história.

A maior força de ataque ja reunida para atacar um país, e mesmo assim ela falha, derrotada por inimigos aparentemente inferiores mas com garra e determinação, nenhum só tiro ou nenhuma só bala foi disparada naquela que seria a maior invasão da história dos EUA, com isso os navios soviéticos foram obrigados a voltar para casa, a recuarem suas forças, o comando central soviético temeu a perda de navios e visando a segurança de seu país recolheu seus navios de volta.

A notícia ecoou o mundo, o Comunismo foi derrotado e a Europa foi recuperada, os lideres europeus retornaram para seus países pois tem um longo caminho de reconstrução pela frente, o Brasil e EUA saíram vitoriosos e as duas nações mais poderosas da terra, o Japão reconquistou sua independência, e a NURSS recuou todas as suas tropas dos países aliados e da Europa, mas sempre continuara como uma ameaça.

Uma nova ordem no mundo começa, uma nova era teve inicio pelo caos, agora Brasil e EUA são os protagonistas do mundo, hoje são aliados e mostram que mesmo um país que antes era somente mais um país de terceiro mundo sem poder algum tornou-se uma super potência, basta termos vontade política e sabermos votar que esta história pode se tornar verdade, não a parte da guerra é claro, mas a importância do nosso país para com o mundo…. FIM..

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 12/23/2014, em Guerras Simuladas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 36 Comentários.

  1. joao pedro

    bah , que loucura tche

    Curtir

  2. Valmir Oliveira

    Só em sonho, poseidon, 14 BX diabo negro, Brasil potencia mundial e salva o mundo, só em filme

    Curtir

  3. Valmir Oliveira

    Acorda Francisco.

    Curtir

  4. kkk top em. Ainda apoiando o Brasil X Bolivia. OS malditos invadiram a Petrobrás expulsaram brasileiros. Parabéns

    Curtir

  5. Terminei de ler e bati palmas. Especialmente pela ultima frase. Gostei muito, você tem futuro como escritor de ficção sabia? Aguardo ansioso mais uma excelente simulação. Só tenta postar com mais frequência, ta? Muito obrigado pelo tempo de diversão que tive lendo sua história. Tenha um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Muito bom,palmas pra você demorou mais veio ;D

    Curtir

  7. Palmas pelo final épico, muito bom mesmo. Eu queria ter visto o Brasil como um terceiro bloco não alinhado, mais aí ja é ficção de mais rsrs. E a frase final foi inspiradora parabéns!!

    Curtir

  8. Faz uma consepsao artistica do diabo negro vai ser loco..

    Parabens fico muito bom

    Curtir

  9. Tomás Rezende Pereira

    Qual vai ser a próxima?

    Curtir

  10. Se tem uma coisa que me enoja?
    São essas pessoas que subjugao o próprio país, pessoas que sempre colocam defeitos.
    Realmente o Brasil não está lá essas coisas mas e o patriotismo??

    Curtir

  11. Sonhar não faz mal a ninguem, Sempre havera lugar para delírios e idiotas para acreditar nisso. Uns bostas que perderam uma Refinaria de Petroleo pra “indio” cocalero. Vão ganhar o que com esse sonho. Só gozação. Não é atoa que turista brasileiro só paga mico quando em outro país.

    Curtir

  12. Mariokart8000

    A URSS usou as armas nucleares ou não?
    Esqueceram de dizer essa parte.
    Red Alert 4.

    Curtir

  13. marco antonio

    F.O.D.A.!!!!! Porra bixo (sei que escrevi errado), ótima leitura, porra, anos muitos anos que procuro uma leitura nesse nível. PQP! PARABÉNS, VOCÊ ESTÁ DE PARABÉNS, curvo-me diante a sua criatividade. Cara, te peço, escreva um livro, li a guerra Brasil-Argentina, Terceira Guerra Mundial e a Guerra Civil Brasileira. Leituras ótimas, são ficção, mas ao mesmo tempo temos a impressão que tudo isso pode realmente acontece. Por favor, escreva um livro, sobre esses três conflitos. Parabéns

    Curtir

  14. palmass,vc é o cara meu,otima simulaçao.parabens

    Curtir

  15. Vinicius Campanerutti

    Cara,eu gostei muito,mas da metade disso poderia ser verdade,principalmente a nossa importância diante da terceira guerra mundial.A utilização de dados reais(aliados,nomes de equipamentos,navios,etc) deu uma sensação de verassidade muito legal.
    Parabéns pelo esforço e não ligue pra oque alguns invejosos e outros ignorantes dizem,quem sabe faz melhor!

    Curtir

  16. guilherme cracco

    sem palavras estao de parabens li tudo atenciosamente eo trabalho de vcs foi mt bem feito meus parabens guerras e armas espero um dia ler um livro de vcs vc tem um dom especial para escrever as frases finais foram magnificas o brasil e menospresado pelo resto do mundo que esquecem que temos capacidade de sermos uma potencia militar junto aos estados unidos poderiamos garantir a soberania da america. mais em fim sem palavras otimo trabalho

    abraços..

    Curtir

  17. Rafaelmoura

    Parabéns !

    Curtir

  18. Rafaelmoura

    Francisco Tem algum levantamento extra oficial atualizado dos nossos Equipamentos de combate ?

    Curtir

  19. Excelente! Maravilhoso! Super! Peço que faça outra simulação, esta foi sensacional, está de parabéns! Muito boa a redação, adorei a história, me envolveu e me fez remexer na cadeira de uma forma que só os grandes escritores conseguem! Francisco, está de parabéns pela simulação, adorei, seria bacana se o Brasil fosse mesmo uma super potência, nós temos tudo, menos políticos que prestem. É que meu blog é de pequeno porte, senão seria uma honra ter relações “diplomáticas” entre nós. Poderia mudar meu conteúdo, já que gosto bastante de falar sobre guerras, simulações e etc.
    Se você quiser, seria muito bacana fazer uma simulação ou uma parceria entre nossos blogs, se te interessar, envie-me um e-mail: contato.4536@outlook.com

    Curtir

  20. Alexandre Pereira Ruela Ferreira

    Meus inúmeros parabéns! Simulação muito adequada a realidade, ‘viagei’ na estória!

    Curtir

  21. kkkkkk! Historieta esquisita…o Brasil não tem poder de fogo nem para derrotar a Venezuela … O exército do Chile é mais moderno e combativo em terra; a Argentina está sem dinheiro mas ainda tem um parque industrial significativo; os novos recursos e filosofia na Venezuela garantem consistência combativa; Por fim uma aliança entre China e Russia seria não poderia ser derrotada antes do apocalipse na Terra!

    Curtir

  22. Red_Reddington

    Bem,sou um comentador de livros,considero-me um leitor rico e creio que posso afirmar com segurança,que foi extremamente bem escrito e bem pensado apesar de grande parte ser ficção,no entanto,boa ficção 😉

    Os meus parabéns,incentivo-o a escrever mais do mesmo género,tenho alguma experiência militar e bastante cultura geral,caso precise de ajuda,estou disponivel.

    Os meus sinceros parabéns

    Curtir

  23. nossa adorei a simulação da 3 guerra mundial muito bem feita e o nosso brasil saiu ganhado eu adorei ainda mais

    Curtir

  24. Vamos ver o Brasil perdeu para a bolivia umas refinarias, mas porque não queria guerra o lula é bonzinho, eles eram uns pobre coitados, então vamos dar duas refinarias para eles aprenderem a trabalhar. Como o Brasil virou patriota e salvou o mundo? Simples . . . o PT perdeu a eleição, e o país passa a ter orgulho de seu presidente, que é bem “machão” e “inteligente”, então . . . o autor está deixando uma mensagem legal, veja: “O Aécio é o cara”. Parabéns pelo patriotismo ! ! !

    Curtir

  25. Realmente ficou muito boa essa simulação..

    Curtir

  26. Só espeero que os leitores tenham entendido esse finalzinho e cumpram sua missão de melhorar o país , mano que top sua simulação

    Curtir

  27. Foi uma “Viagem ” com baseado turbinado com viagra meu! Umas 10 horas de sono contínuo devem resolver……

    Curtir

  28. que historia viciante , parabens a quem escreveu melho historia que ja li espero que publiquem mais iguais a esta

    Curtir

  29. O brasil vai ser o primeiro a cair, em 1 hora de invasão estrangeira acabam as munições e seremos exterminados.

    Curtir

  30. Vinicius arandas

    Você podia fazer uma simulação de intervenção brasileira na Síria

    Curtir

  31. Everton Vinicius

    Você podia fazer uma simulação de intervenção militar brasileira na Síria

    Curtir

  32. Paulo Reis

    Foi interessante, muito bom mesmo. O enredo de que uma guerra gerada na América do Sul gere a 3ª guerra mundial, é uma ideia antiga. Mas foi muito bom o desenlace. O Brasil possui armas poderosíssimas, acredito eu. É claro que tudo deve ficar em segredo para não gerar inimizades. Mas, eu acho que as consequências seriam catastróficas para a humanidade…

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: