BRICS poderiam se tornar a mais poderosa união militar do mundo

brics

Com o surgimento dos chamados ”Países Emergentes”, um termo tornou-se muito comum para designar a união dos principais países, o termo BRICS (Brasil, Rússia, Índia e South Africa/África do Sul), nas muitas discussões sobre esse Grupo, sempre aparece a hipótese de esse grupo unir-se militarmente.

A Rússia nunca escondeu que sempre quis formar um bloco militar para fazer frente a OTAN, a China e Índia também compartilham desse desejo, no entanto o Brasil como sempre evita tocar nesse ponto.

Caso essa união militar acontecesse, teríamos a seguinte força militar:

  • A União Militar teria o maior arsenal Nuclear do Mundo, somando-se os arsenais de Rússia (O maior do Mundo), China e Índia.
  • O maior exército do mundo em números absolutos, com mais de 15 milhões de soldados treinados e preparados para guerra e mais de 1,5 bilhões de pessoas aptas para servir.
  • A maior força aérea do mundo, teremos a maior força de bombardeiros estratégicos do mundo superando toda  OTAN, EUA e países aliados do EUA, o maior número de aviões de combate, superior ate mesmo a todos os países da OTAN juntos.
  • Nossa marinha ainda seria inferior a da OTAN, mas os submarinos nucleares Russos, submarinos chineses, indianos, brasileiros e sul-africanos seriam agravantes de peso ao nosso favor.

No entanto antes que apareçam aqui comentários do tipo, esse cara é louco, não sabe o que ta falando ou afirmando que é um sonho e nunca acontecerá, já aviso que isso é uma suposição que eu mesmo creio que nunca deva acontecer, pois os EUA e Europa nunca permitiriam tal acontecimento.

Vamos agora abordar os lados negativos de uma possível união militar entre os membros dos BRICS:

O Nosso país seria carta branca nessa união militar e teríamos que ceder nosso território para bases militares russas e chinesas, por que em uma união militar todos os membros devem ser forte, pois em caso de guerra não pode haver um elo fraco na aliança, e o Brasil certamente é esse elo fraco, não temos mecanismos de defesa anti aérea e tão pouco mecanismo de defesa de nossa fronteira, uma solução em caso de uma união desse tipo seria, a instalação de unidades de defesa antiaérea Tor-M2 / SA-15D para proteger  unidades blindadas em nossas fronteiras, a instalação de radares modernos e a compra de novas aeronaves de monitoramento e vigilância com maior raio de ação.

Nossa marinha é ineficiente e não consegue cumprir missões de apoio conjunto no padrão OTAN, ou seja, não conseguimos nem manter uma fragata em operação em águas internacionais por mais de 6 meses, imagina mantermos nossos navios em operações humanitárias por anos?

Apesar de sermos o segundo país mais rico do BRICS, somos o mais pobre militarmente, e não temos capacidade e aderir a um união militar, não poderíamos colaborar com uma união desse porte, não temos aviões de combate suficientes para apoiar um ataque aérea como aconteceu na Líbia, nem temos aviões de abastecimento/tanque para abastecer nossas aeronaves, se perdermos um, já comprometemos os 47 caças F-5 modernizados e já usados e obsoletos.

Nossos navios em peças tem, estão em sua maioria parados enferrujando esperando um orçamento que jamais virá, nosso porta-aviões esta enferrujando sem sistemas de defesa e não passa de um navio civil sem armas que é capaz de operar aviões, seriamos o vexame e o calcanhar de Aquiles de uma união entre os BRICS.

Francisco Santos, Guerra & Armas.

Anúncios

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 03/29/2013, em Brasil, China, Internacional, Notícias, OTAN, Russia e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 36 Comentários.

  1. PELO AMOR DE DEUS, ANTES DE DIVULGAR PRONUNCIAMENTOS IMPORTANTES FAÇAM REVISÃO DA ESCRITA , EVITANDO ERROS CRASSOS DA LINGUA PATRIA.

    Curtir

    • Amigo, aqui não temos profesores de língua portuguesa, quando redigimos um grande texto sempre cometemos erros, se verificar sites como G1, R7, CNN e BBC também encontrará erros, basta indicar quais os erros antes de tomar essa atitude arrogante e depreciativa, desde já agradecemos a preferência!

      Curtir

    • É normal erros nas mídias pois o conhecimento é dinâmico assim com as informações e nem sempre se prioriza a formalidade. Você poderia escrever melhor também, pois LINGUA tem acento agudo assim como PATRIA, são paroxítonas terminadas em ditongo crescente. O correto seria língua e pátria! Se não me falha a memória apenas os ditongos que não entram nessa seriam com terminação “ia” tais como de ideia, assembléia, etc.

      Curtir

  2. Hipolito Herrera

    Primeiro o Brasil tera que fazer uma escolha, ser um pais neutro ou aderir a uma aliança militar, geograficamente o Brasil teria que aderir ao EUA E OTAN seria mais vantajoso, e sofreriamos menos pressão, mas se nossos comandantes fossem mais inteligentes ja teriamos nos beneficiados disso, mas a covardia deles nos deixaram a merce dos eua ou agora brics, temos que ter coragem de assumir responsabilidades mesmo que a principio nos deixem mais vulneraveis.

    Curtir

    • Você não pode se esquecer que o Brasil tem o pacto do BRICS de cultura, partilhamento tecnologias, militar; dentre outros, você não pode se esquecer que o mundo está prestes a mudar as economias da República Popular da China e a Federação da Rússia são super potências com essa mudança que está prestes a acontecer a China asume a liderança da economia mundial a Rússia tomara uma posição entre os cinco com economia mundial e o nosso Brasil será um dos cinco mais bem preparados economicamente no mundo, então sim o Brasil tem a escolha de ficar do lado dos Estados Unidos da América e da Organização do Tratado do Atlântico Norte porém o lado dos BRICS é bem mais vantajoso.
      O que você prefere estar do lado de economias decadentes o de economias em ascensão ???

      Curtir

  3. O Brasil não seria o ”elo fraco” dessa possível aliança. No máximo, seria UM DOS elos fracos, visto que a a África do Sul está longe de passar nosso país. Além disso, o Brasil conta com mais pessoas aptas para servir do que a própria Rússia (e África do Sul, claro). Vale lembrar também que teríamos a segunda maior economia da aliança, e isso é tão ou mais importante do que ter caças modernos ou não. Numa sociedade capitalista prevalece a vontade do dinheiro. O Brasil é muito importante para os BRICS, independente de nossas forças armadas ridículas.

    OBS.: Vocês esqueceram de mencionar que Rússia e China são membros permanentes do conselho de segurança da ONU, e nós somos potenciais candidatos à posição que estes ocupam.

    Abraços e parabéns pelo blog. =D

    Curtir

  4. O BRASIL IRIA CONTRIBUIR COM ESSA NOVA ALIANÇA COM SEUS MODERNÍSSIMOS F5 modelo 1977 SEU PODEROSOS PORTA TRECOS modelo 1956 e um punhado de SOLDADOS equipados com FUZIL FAL modelo 1978 SEM CONTAR QUE A FORÇA MAIS DESTRUIDORA SERIA NOSSOS POLÍTICOS esses sim fazem frente a qualquer força especial ,eles acabam com qualquer economia de qual quer pais.

    Curtir

  5. MAIS UMA PALHAÇADA DEMAGOGICA DESSE GOVERNO CORRUPTO. ELE CONVENTEMENTE ESQUECEU-SE DE QUE COM 16 ANOS O MENOR PODE VOTAR

    Curtir

  6. OTIMA IDEIA, MAS ELES DEVEM PASSAR PELO CRIVO DO Conselho de Medicina PARA UM TESTE-AVALIAÇÃO

    Curtir

  7. rafael alves de oliveira

    bom amigos acho que seria bem impossível uma aliança dessas pois o brasil é na verdade, um puxa saco dos americanos,mas um bloco que pode ser afirmado públicamente, pois ja existe, só não se assume é o bloco russo chines que seria capaz de destruir fácilmente o mundo centenas de vezes, somente com seus mísseis basílicos de extremo poder de fogo, ou seja alianças são formadas para a guerra e se ouvesse uma guerra entre a otan e a rússia e a china, ñ haveria mundo, e vale apena destacaar tbm que a URSS possuia cerca de 10mil ogivas nucleares, cerca de 80% ficou com a rússia, os americanos tem quase o mesmo nº q a rússia e a china completaria facilmente a necessárias 16 mil bombas nucleres, suficientes para explodir o planeta, em massa, por isso formar alianças poderosas de nações inimigas é algo tão complicado, e ainda mais num período onde os EUA a china disputam uma corrida armamentista

    Curtir

  8. Hugo Bastos Lima Verde

    O fato de ser o segundo mais rico do bloco já o qualifica para ser uma potência militar se assim quiser, pois é industrializado e com a obtenção de alguma tecnologia, isso que o dinheiro compra de forma muito fácil pode passar a construir armas de alta tecnologia em um piscar de olhos, vejam o caso do caças russos que alguns de forma irresponsável estão comparando a compra que o Brasil pretende fazer com a compra de caças russos realizadas pela Venezuela, pelas dificuldades de manutenção, não há como compara pois o Brasil devidamente autorizado pode fabricas os aviões quanto mais as peças, acho até que os russos tem interesse em que o Brasil adquira os aviões para que passe a prestar assistência técnica aos Venezuelanos e outros clientes no cone sul.

    Curtir

  9. Se continuarmos com essa politica atual seremos neutros para o resto da vida. Dependeremos sempre de outros paises para garantir nossa defesa, nossos atuais “aliados” nos boicotam militarmente impedindo nosso avanço tecnologico e até na aquisição de armas mais potentes.

    Curtir

  10. Brasileiro o.O

    Pô,o Brasil é o 6 país mais rico do planeta e o segundo mais rico dos BRICS,véi é só esse governo tomar vergonha na cara para melhorar o nosso exército,comprar caças disponibilizar verba e comprar ou fabricar fuzis,lança granadas,pistolas,tanques e carros que podemos facilmente se tornar um dos exércitos mais poderosos do mundo!E tds os países tem medo q o Brasil tome vergonha na cara,pq se isso acontecer poderemos acabar com qualquer exército do mundo sendo q somos 190 milhões de pessoas.

    Curtir

  11. Gostei e muito do site!.

    Curtir

  12. Não pude deixar de comentar, alias meu nome tambem é francisco santos 🙂
    Mas então não devemos esquecer que o brasil possui uma das coisas mas importantes numa guerra de longo prazo, nós temos recursos naturais.

    E como os EUA são grandes importadores de minerio brasileiro deixariamos de exportar para eles e fabricariamos o que fosse necessário.

    Temos conhecimento tecnologico e potenciais que esses dois grupos tem interesse sendo assim apoio o BRICS por questões ideologicas pois acho que o mundo só teria a ganhar com a queda dos EUA.

    Curtir

  13. Geraldo Royer

    Deixe de sonhar, o PIB do BRICS, chega a um terço do PIB dos EUA, e o que manda numa guerra é grana. O exército brasileiro não consegue nem dominar a favela da Maré? Voces estão sonhando acordados. Um porta aviões americano tem mais poder de fogo que toda a nossa FAB. Informem-se. A URSS que era uma superpotência foi vencida e desintegrou-se sem guerra, foi vencida pelo poder econômico. Se os EUA e a Europa e o Japão fecharem suas fábricas na China ela volta 100 anos no tempo. A Rússia, tenho minhas dúvidas se consegue fazer os foguetes com as ogivas nucleares decolarem, está tecnologicamente obsoleta, tem metade da população do Brasil, um terço da população dos EUA, há muitas opiniões histéricas de comunistas que perderam o bonde da história, iinclusive a diplomacia do nosso pais.

    Curtir

    • Fernando Veras

      PIB :China quase 8 trilhoes, Brasil quase 3 trilhoes. Russia 2 trilhoes e meio, India quase 3 trilhoes….seria uma aliança temivel.

      Curtir

  14. Se a os BRICs resolvessem mesmo formar uma aliança militar, como os EUA e a NATO poderiam impedir? acho que só dependeria mesmo de vontade política para essa tal aliança dar certo…

    Curtir

  15. vamos a apoiar o BRICS juntos seremos mais forte independente de cada país seja ele forte,fraco,fraco,forte com tecnologia mais avançada e tecnologia menos avançada o que importa mesmo são os soldados com FUZIS,caças com seu PILOTO e navios com seus MARINHEIROS.E o mais importante numa guerra e a ESTRATÉGIA que se usa.Os EUA e seu bloco militar a OTAN já reinaram muito já esta na hora de alguém tomar esse lugar na potência mundial e na potencia militar apoiem o BRICS façam manifestação para apoiar o BRICS.

    Curtir

  16. André Teephey

    o Brasil, com certeza, seria uma vergonha nesse quesito. Mas, o Brasil é um dos melhores para proteger dados importantes, que eu saiba isso foi comprovado (não tenho certeza), em alguns anos o Brasil terá um submarino nuclear. Venceríamos a OTAN em alguns anos, mas os EUA também pertence a TIAR (Tratado Interamericano de Assistência Recíproca) juntamente com o Brasil. Tornando difícil uma guerra entre esses países. Mas, acho que o Brasil estaria do lado BRICS, porque a Rússia tem um armamento muito forte, assim como a China. Se entrássemos em guerra com a OTAN não teria apenas Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, receberíamos apoio dos países da América Latina, dos países africanos e dos países da ex-URSS e ainda apoio da Coréia do Norte, a OTAN não seria nem louca de entrar em guerra com a BRICS, pois veria como nosso exército é forte, juntando com os desses países que eu citei, ainda uns da Europa Oriental, nenhuma aliança militar seria louca de fazer guerra com a BRICS, e a OTAN iria se prejudicar com a bomba atômica mais poderosa que pertence a União Soviética, a Tsar-Bomb, e a Rússia tem 120 mil armas nucleares, e os EUA 49 mil junto com alguns do Reino Unido e da França. Essa guerra iria eliminar muito a população do globo terrestre

    Curtir

  17. Amigo China e Índia nao formem bloco militar conjunto,estão há anos em guerra pela caxemira.BRICS seria muito forte em número de soldados e território mas mais poderoso duvido muito,OTAN nao e só EUA,tem CANADA,FRANCA ESPANHA ITÁLIA ALEMANHA INGLATERRA TURQUIA PORTUGAL BÉLGICA e muito mais paises,sao muitos avioes muitos navios de guerra muitos submarinos e muito mais.

    Curtir

  18. Quanto à unidade aérea, quem tem a melhor tecnologia ganha. É verdade que a Rússia tem uns aviões fodas, mas os EUA ainda detém a força soberana no ar, não tem pra ninguém e Israel também tem muito disso. É difícil comparar os dois blocos, parece que a Otan está mais avançada, tem mais aliados, mais dinheiro, mais influência política e a Índia é aliada só econômica do BRICS porque na geopolítica mundial ela é pro-EUA.

    Curtir

  19. Voces poderiam fazer estes comentários nos sitios russos .

    Curtir

  20. Bem , se não fosse uma possibilidade real , não teria poque os EUA terem em sua agenda o BRICS como próximo alvo. A união militar vai acontecer cedo ou tarde.

    Curtir

  21. ESQUEÇAM “BRASIL-MILITAR”, POIS NOSSOS GOVERNANTES SÃO ANTIPATRIOTAS,CORRUPTOS, EGOÍSTAS, BUNDÕES… . ELES ACOSTUMARAM A FAZER DE NOSSO PAÍS UMA “ETERNA COLÔNIA” DAS GRANDES POTÊNCIAS!

    Curtir

  22. Yohaquim Ysminov

    Ainda bem que comunista e utopista. O Brics e uma piada de mal gosto e fadada a falhar e nao ter graca. Acorda ze ruela.

    Curtir

  23. FERNANDO VERAS

    POR TERRA SERIA IMPOSSIVEL INVADIR ESSA ALIANÇA MILITAR. E O PIB DESSA UNIAO SERIA DE 14 TRILHOES, todos tem territorios grande, influencia politica e financeira. depois da URSS seria a unica força a ameaçar o dominio dos eua e europa OTAN, seria bom pro bra
    sil e africa do sul que aumentariam seu poferio militar e em 20-25 anos concerteza se tornariam potencias militares.

    Curtir

  24. Voce disse que nos somos o elo fraco,voce é burro?O Brasil tem um dos melhores exercito do planeta,estamos dobrando a forta de submarinos,o Brasil comprou 36 novos caças e esta negociando mais 108 Gripen NG,ira comprar da Russia 2 porta avioes,chegou recentemente 224 novos tanques Leopard comprado da Alemanha,etc.
    Quem é o fraco?
    Presta atenção pow.

    Curtir

  25. Oliveira NETO

    O melhor que o Brasil faria era investir na infraestrutura, ampliando rodovias, portos, estaleiros e aeroportos, depois desenvolver a industria bélica nacional, continuar o desenvolvimento do MBT osório que tem tecnologia parecida com o m1 abrams e está duas gerações a frente do leopard 1A5, renovar totalmente esquadra brasileira, desenvolver nosvas tecnologias, comprar e desenvolver caças!

    Curtir

  26. Sua observaçao foi mto interessante contudo, falta você citar as fontes fidedignas para poder fundamentar o seu texto meu jovem, gostaria de utilizar o que vc escreveu em um trabalho sobre o BRICS mas sem fontes certamente seria ridicularizado. abraços

    Curtir

  27. Só comentário de merda!!!!!!!,,,, não esqueçam que essa liberdade que vcs tem de “bostejar” a vontade e sem repressão na internet, são graças aos americanos,, agora imaginem os “Bostas dos BRICS no comando ai fudeu ” ,, o Brasil deve abandonar esse bloco corrupto de comunistas, autoritário e repressores e se aliar aos EUA e a UE de uma vez por todas!!!,, igual fizeram o Chile e a Colombia,, hoje crescem 7% ao ano e o Brasil 1%, 0,6% recessão em 2015,,, BRICS é uma piada global,, a China é o maior predador desse bloco,, enquanto exportamos banana e frango eles exportam tecnologia quem ganha com isso são políticos fazendeiros,, a Russia volta e meio bloqueiam nossa exportações ao País,, India já mostra sinais de aproximação com os EUA e o Brasil???,,, povo brasileiro para de ignorância,, por isso que o País é o lixo de hoje,, votam em pessoas erradas e estão do lado errado!!!! TRISTE ISSO

    Curtir

  28. Como os Eua e a união europeia não iriam permitir esse acordo ? o que eles fariam se esse acordo fosse firmado ?
    agradeço a quem responder

    Curtir

    • Claudio Henrique De Oliveira Soares

      Gameplaybrasil.

      Simples poderiam aplicar sanções econômicas diminuir os investimentos no país, acredite isso pode doer mais do que uma agressão direta. Até porque enfraquecer o PIB de um país em um momento de um potencial conflito é muito mais danoso.

      Curtir

  29. Não fazia ideia de que o Brasil fosse tão inútil, em armamentos militares. 😫

    Curtir

  30. O BRICS é uma organização Militar, Cultural e Econômica, então se um desses países entrar em guerra todos os países aliados devem ou entrar na guerra ou colaborar (Quando falo colaborar não é pouco financiamento na indústria de tal pais e sim fornecer armas, homens, embarcações enfim colaborar com força a esse tal país. ) se não houver nada disso pode haver graves punições ao país que não com o esforço de guerra (Tais punições como corte de investimento no país, corte Cultural, e mais grave a expulsão do BRICS, enfim, terão muitas punições. ).

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: