Soldados da FEB cantando o hino nacional em meio a bombardeio nazista

Anúncios

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 04/01/2015, em Guerras, Vídeo e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Isso é passado longínquo que dificilmente se repetira. Se hoje; no máximo irão cantar o ino da Venezuela para não desagradar o “compadre” MOLUSCO.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Peraí… essa é grossa demais até pro xibungo Joãozão Uílis do culhão roxo!

    Em primeiro lugar quem cantava o Hino Nacional não eram soldados da FEB e sim de uma corporação para-militar carioca (provavelmente o Corpo de Bombeiros) que gravaram a canção em disco (de vinil) no mínimo 25 anos depois do fim da guerra.

    Segundo, os aviões mostrados no vídeo são Boeing B-17 “Fortalezas Voadoras” norte-americanas e jamais bombardeiros alemães.

    Terceiro, até porque, quando os brasileiros chegaram à Itália, os aviões da Luftwaffe já haviam praticamente abandonado aquele teatro e os germânicos não tinham mais como realizar ataques aéreos. Muito menos da magnitude mostrada no vídeo.

    Quarto e pior ainda, os bombardeiros (B-17 norte-americanos e jamais alemães) faziam seus ataques a cerca de 5 mil metros de altura e nessa altitude, dentro de um quadrimotor em meio à uma formação de aviões idênticos, nem Satanás com uma abóbora quente enfiada no fiofó ouviria os soldados brasileiros. Nem mesmo que toda a FEB estivesse formada em massa lá em baixo pra cantar prosaicamente um hino durante um bombardeiro. Ora minha gente, soldado pode ser patriota, mas não é burro e muito menos, maluco.

    Quinto, quem seriam esses loucos, fanáticos e mágicos ases “alemães” que voariam em meio a uma formação de bombardeiros norte-americanos para gravar brasileiros cantando um hino àquela altura do campeonato em plena Itália e possivelmente, à noite?

    Estariam talvez todos bêbados? Tanto os “pracinhas” da FEB quanto os tais mágicos alemães de araque?

    Pô pessoal, vamos ser patriotas… vamos louvar nossos pracinhas… demos vivas ao Brasil (daquela época)… puxemos até as brasas pras nossas sardinhas… Mas com decência, pô!

    Com apelação não vale!

    Curtido por 1 pessoa

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: