Arquivos do Blog

Em 1 ano, 23 homens do Exército se feriram na Maré; vídeo mostra ‘guerra’

Imagem da TV Globo Minas

A pouco mais de um mês da saída da Força de Pacificação do Conjunto de Favelas da Maré, na Zona Norte, o Comando Militar do Leste informou que desde o início da operação 23 militares tiveram ferimentos leves em confrontos com criminosos no local desde que o início da ocupação pelo Exército, em abril de 2014. Dois desses militares se feriram num intenso tiroteio no início do ano, conforme mostra o vídeo obtido pelo RJTV.

As imagens foram gravadas por um militar, em 21 de janeiro, na Vila dos Pinheiros. Na ação, policiais militares e soldados do Exército tentavam impedir uma invasão de traficantes. Três facções disputam o controle dos pontos de vendas de drogas. As cenas de guerra incluem até balas traçantes, que partiam de armas de criminosos. Foi quase um minuto de tiros.

O conjunto da Maré tem 16 comunidades. A Vila dos Pinheiros, onde o vídeo foi gravado, fica ao lado de uma das principais vias expressas do Rio, a Linha Vermelha.

Desde abril de 2014, a Força de Pacificação ocupa a região, preparando o terreno para a implantação das UPPs.

De 5 de abril de 2014 a 29 de abril de 2015, o Exército fez quase 583 prisões, 251 apreensões de menores, e mais 1.340 apreensões de drogas. Os militares também encontraram munição, armas, carros e motos roubados.

Pelos dados oficiais, o número de homicídios antes e depois da ocupação, pouco mudou: de 58 caiu para 56.

Os confrontos entre traficantes e homens do Exército têm sido frequentes. Em novembro do ano passado, um cabo morreu baleado na cabeça.

O Exército deixa a Maré em 30 de junho e a substituição por tropas da PM começou no início de abril.

Fonte: G1

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: