EUA querem sistema antimísseis na Coreia do Sul o quanto antes

Lanaçador de mísseis do tipo THAAD em imagem de arquivo do Exército Americano (Foto: Divulgação/Exército dos EUA)Lanaçador de mísseis do tipo THAAD em imagem de arquivo do Exército Americano (Foto: Divulgação/Exército dos EUA)

Os Estados Unidos pretendem enviar um sofisticado sistema de defesa antimísseis para a Coreia do Sul “o mais rápido possível” — anunciou o Pentágono nesta segunda-feira (7).

“Sem entrar em um calendário, queremos ver este passo dado o mais rápido possível”, disse o porta-voz do Pentágono, Peter Cook, um dia depois do lançamento de um foguete por parte da Coreia do Norte, que provocou uma condenação da comunidade internacional.

Chefes militares sul-coreanos e americanos anunciaram que vão iniciar discussões formais para estabelecer o sistema de defesa antimísseis THAAD (Terminal High Altitude Area Defense System, em inglês) na fronteira com a Coreia do Norte.

“Estamos iniciando as consultas agora e nos próximos dias com os sul-coreanos e esperamos que isso se faça de forma diligente”, acrescentou.

O sistema THAAD dispara mísseis antibalísticos para destruir mísseis inimigos dentro, ou fora, da atmosfera da Terra em sua última fase de voo.

A China se opõe firmemente à instalação de equipamentos antimísseis tão perto de suas fronteiras, mas Cook garantiu que o sistema THAAD não tem como objetivo ser uma ameaça para Pequim.

“Se o sistema THAAD for enviado para a península coreana, estará concentrado unicamente na Coreia do Norte”, insistiu.

Um funcionário da Defesa americana informou à AFP que o sistema antimísseis pode ser instalado em até duas semanas, depois de ordenado seu envio.

“Uma vez que (…) as decisões forem tomadas, esse (prazo) é possível”, comentou a fonte, que pediu para não ser identificada.

Anúncios

Sobre Francisco Santos

Jornalista e Editor.

Publicado em 02/09/2016, em Ásia, Coréia, EUA, Internacional, Notícias e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Renilson Almeida

    Que tal um artigo comparando as forças armadas da Coréia do Norte X Coréia do Sul e as da China Comunista X Estados Unidos.

    ________________________________

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Chego a imaginar se isso tudo não é uma grande conspiração arquitetada pela indústria de armamentos americana com total participação e consenso dos governos dos EUA e da própria Coréia do Norte.

    Imagino que a coisa funcione assim:

    Os EUA estão falidos, decadentes, não exportam mais nada a não ser armas. Mas os EUA dominam a ONU e junto com esta orquestra “sanções” contra a Coréia do Norte, que na prática não tem economia nenhuma.

    Aí, mega-patifes como Macaco O’Banana e Ping-Pong Pum acertam lá entre eles o repasse pelos EUA à CDN de tecnologia pra construir e lançar um foguete qualquer de modo a ouriçar a histeria internacional.

    Feito isso, mais que depressa, os corruptos mas endinheirados Japão, Coréia do Sul e Taiwan se alvoroçam para comprar as armas obsoletas, ineficazes e a preços superfaturados oferecidas pelos EUA, gastam rios de dinheiro e o próprio governo americano repassa uma boa “comissão” (talvez 20% a 25%) do bilionário montante ao ditador norte-coreano e no final não tem guerra e fica todo mundo feliz.

    E mais rico, é claro!

    Revendo os 45 de duração da decantada “Guerra Fria” esta é a única conclusão a que eu posso chegar.

    Sem ilusões nem torcidas desvairadas, portanto…!

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: