Guerra entre Brasil e Venezuela: Parte I

Em 2016 como prometido voltam as simulações de guerra que são marca registrada do nosso blog, alias, único blog conhecido no Brasil e quem sabe do mundo a realizar este tipo de matéria e conteúdo especial.

Atendendo a dezenas de pedidos (realmente foram dezenas) de leitores que queriam ver uma simulação de guerra real do Brasil e a Venezuela, o blog prepara uma situação hipotética que resultaria em um confronto, como sempre nossas simulações são dividias em capítulos, espero que gostem.

Atenção! Tudo não passa de uma história FICTÍCIA, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência, repetindo mais uma vez: Isto não é notícia falsa e tão pouco “trolagem” é apenas uma história de ficção!

Por Francisco Santos

O Golpe…

Fevereiro de 2016. Após eleições conturbadas, a oposição de direita assume o controle do parlamento venezuelano com maioria esmagadora das cadeiras, inconformado com a derrota nas urnas, Nícolas Maduro, amparado pelos apoiadores chavistas orquestra um golpe judicial e impede a posse da maioria dos parlamenteares após supostas investigações que resultaram em violações eleitorais,  a Justiça é controlada pelos chavistas que elegeram e indicaram somente militantes comunistas para compor os tribunais.

Imediatamente após o golpe judicial, o Parlamento venezuelano é fechado por ordens de Maduro que alega que a casa esta comprometida devido a supostas corrupções e compra de votos pela oposição. Imediatamente a Argentina, agora governada por Macre, que é de direita e consequente opositor das políticas esquerdistas no continente, sugere a suspensão imediata do país do Mercosul e da Unasul. Em Washington – DC/EUA  a OEA suspende temporariamente a Venezuela do órgão enquanto Dilma Russeff sobe a tribuna da organização que se reuniu a pedido da Argentina, e defende cautela nas ações da comunidade internacional, em suas palavras a presidente brasileira classifica as respostas internacionais como desproporcionais e diz que primeiramente é preciso analisar a fundo as ações venezuelanas antes de se tomar atitudes que deteriorem a situação. Após o pronunciamento da presidente brasileira, o Secretário de Estado americano criticou duramente o Brasil por apoiar abertamente o golpe na Venezuela:

_O Brasil foi durante séculos o irmão mais velho do continente e a luz a se seguir rumo a democracia, chegando ate mesmo a sofrer com um regime ditatorial que lhe roubou mais de 20 anos de liberdades e direitos civis.

_Como pode uma presidente e chefe de um Estado de direito defender abertamente um regime ditatorial, quando esta mesma chefe-de-estado veio a sofrer perseguições em uma ditadura igual ou ate mesmo pior a que se instala na Venezuela? – Disse o Secretário de Estado americano em pronunciamento logo após a fala da presidente brasileira.

Após estas duras falas a oposição em Brasília bombardeou o governo de críticas, manifestações tomaram o país, milhões de pessoas foram as ruas, o que contribuiu para o esvaziamento da bancada que defendia abertamente o PT contra o processo de Impeachment movido no final de 2015 contra a presidente Dilma, que ate então estava caminhando para o arquivamento, mas após as declarações o clima mudou e a opinião pública sensibilizada pelas ações venezuelanas e as atrocidades cometidas pelo regime chavista coloca pressão popular pela aprovação do processo de impedimento.

A Imagem de Dilma se deteriora ainda mais após uma CPI do BNDES mostrar mais de 5 bilhões em ajuda para a Venezuela, sendo que mais da metade deste valor encontrava-se com origens obscuras e suspeita de superfaturamento.

EUA e ONU impõe embargo a Venezuela

Suspensa da OEA, e com reuniões da Unasul e Mercosul que decidirão seu futuro, a Venezuela sofre um revés que somente Cuba sofreu no continente, a maior potência do mundo lança sobre a Venezuela um embargo econômico e de venda de armas que afetará de vez a já destruída economia venezuelana, empresas americanas estão proibidas de atuarem no país, e venda de armas estão proibidas pela ONU, nem mesmo a Rússia e a China podem desobedecer um embargo desta magnitude,  além disto tanto a ONU quanto os EUA e a OEA consideram Maduro, como criminoso de guerra pelo massacre de opositores e as prisões ilegais e possíveis torturas em presídios venezuelanos.

FAB intercepta avião comercial com munições e fuzis Imbel na fronteira do Brasil com a Venezuela

As coisas não andam bem para o lado do governo Dilma, mergulhada na maior crise política e econômica dos últimos 50 anos sem contar o maior desastre diplomático da história do Brasil, a relação da presidente com a cúpula militar é a das piores, ainda mais após o corte de 30% no orçamento de defesa e o cancelamento da compra dos Aviões cargueiros KC-390 e o congelamento da compra dos caças Gripen N/G que segundo o governo não cabem no orçamento, aliado a paralisação da construção dos submarinos da Marinha do Brasil, incluindo o nuclear, a cúpula militar esta cada vez mais rebelde em relação ao governo e já mostra sinais de rebeldia em forma de ações militares que visam desmoralizar o governo.

Ás 19:30 de quinta-feira (Mês de fevereiro) caças da FAB,  A-29 que sobrevoavam a Amazônia avistaram um avião comercial que voava sem um plano de voo definido e fora da linha comercial (Trajeto de altitude comercial) , imediatamente os pilotos entraram em contato com o SIVAM (Sistema Integrado de Vigilância da Amazônia) que desconhecia este voo e tão pouco o Centro de Controles em Manaus tinha informações sobre o voo, imediatamente o comando da Aeronáutica em Brasília ordenou que o avião fosse interceptado, o que ocorreu ás 19:44, onde os caças forçaram o avião a pousar em Boa Vista – RR, na checagem foi descoberto pela Polícia da Aeronáutica  mais de 1.000 fuzis de fabricação brasileira da empresa Imbel  e munições foram descobertos.

Imediatamente após a apreensão , segundo militares, o Ministério da Defesa teria tentado encobrir a ação, no entanto não obteve exito graças ao descontentamento da alta cúpula militar que colocou sob guarda o avião apreendido e convocou o presidente da empresa comercial a prestar esclarecimentos. Imediatamente após a divulgação do ocorrido a ONU e os EUA declararam conjuntamente em New York – EUA que se comprovado a participação do Brasil nesta operação clandestina o país sofreria sanções internacionais.

Continua…

Por Francisco Santos

 

Anúncios

Sobre Francisco Santos

Jornalista e Editor.

Publicado em 01/06/2016, em Guerras, Guerras Simuladas, Notícias, Simulação e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Renilson Almeida

    Que tal artigo abordando as forças armadas da Venezuela?

    ________________________________

    Curtir

  2. QUE TAL MUDAR DE ASSUNTO…JA ENCHEU O SACO ESSE ARGUMENTO BOBO!

    Curtir

  3. Wesley Gabriel

    Devo dizer que desde a ultima simulação que eu li, III Guerra Mundial, essa simulação representou um grande avanço, em se tratando de coerência nas ações dos governos e de seus governantes. Parabens!

    Curtir

  4. eadem@ig.com.br

    Este exercício impõe os EUA como inquestionável líder universal e coloca o Brasil a reboque dos humores de Washington, sendo a Venezuela nada mais que um quintal a ser invadido e usado ao bel prazer de quem quiser.

    Só que a realidade não é assim e se as coisas se passassem como o exercício propõe, poderíamos com igual liberdade de quem o idealizou acreditar que a Venezuela pediria ajuda imediata à Coréia do Norte, a qual, imediatamente colocaria quatro bombas de hidrogênio (50 megatons) e 16 nucleares (50 kilotons cada) à disposição de Maduro para usá-las assim:

    – As atômicas, Maduro mandaria lançá-las 2 contra a Colômbia, 2 contra a Argentina, 2 contra o Sul dos EUA, mais 2 contra o Oeste norte-americano, outras 2 contra o Norte “yankee”;

    – E 1 de Hidrogênio sobre Washington.

    – As 4 ogivas atômicas simples e 1 de hidrogênio restantes seriam mantidas pelos venezuelanos como “reserva” a serem lançadas contra os inimigos mais insistentes, ou mesmo novos inimigos da OTAN que pudessem correr em socorro do patrão estadunidense.

    Nesse quadro, não só o Brasil mas diversas outras nações do Hemisfério Sul se alinhariam na defesa do regime venezuelano, apesar de Rússia e China se manterem à margem do conflito porém, fornecendo armas, munições e infra-estrutura militar e de apoio ao regime de Nicolás Maduro que se fortificaria politicamente e reinaria absoluto pelos próximos 60 anos, inclusive quebrando o recorde de sobrevivência de uma ditadura atualmente em poder de outro “comunista”… Fidel Castro, que de “comunista” só tem o apelido, mas como os “comunas” brasileiros, é mais burguês que Christian Dior ou o presidente do Banco Suíço.

    Finalmente, depois de terem várias cidades arrasadas nuclearmente e com suas economias em decadência e as respectivas sociedades em guerra civil, EUA e Argentina desistiriam de mexer com a Venezuela e desacreditados internacionalmente desmontariam suas bases no exterior e passariam a canalizar todos os seus restantes esforços em promoções de passeatas gays, seguindo as tendências atuais dos governos não só de Macri (Arg), mas principalmente do bailarino gay MACACO OBANANA, pseudo presidente dos EUA.

    ==================================

    Curtir

  5. Qnd vc vai vim o próximo? 0.o

    Curtir

  6. Que tal o seguinte… em 2002 os Generais Venezuelanos fizeram um golpe e derrubaram Chaves, o sequestraram e ainda inventaram que ele tinha fugido. Na mesma hora o governo Bush saudaram o novo e DEMOcratico governo(governo do DEMOnio),
    So que vejam so, o FHC se ergueu e foi contra os mestres do norte, e não reconheceu o governo golpista, ai o povao começaram a descer o morro e cercar o palácio, dentro dele os militares leais a Chave retomaram o controle, prendendo os golpistas. O fim da historia o futuro presidente fajuto fugiu pra Miami, onde reside ate hoje, e com Chaves levado ao poder pelas mãos do povo, O maior fiasco da politica externa americana chegava ao fim, e de forma pífia, mas a globo não contou essa historia, so soubemos disso por causa deste documentário. https://www.youtube.com/watch?v=Cko8R2ZSEzE

    Curtir

  7. Ta serto. Com s msm.

    Curtir

  8. Quando vai acontecer a continuação?

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: