Patrulheiro doado pela China a Trinidad Tobago sobe a costa brasileira a caminho do Caribe

CGchinesaTrinidadTobago

O navio-patrulha “Nelson”, mais recente unidade da Guarda Costeira de Trinidad Tobago

O ex-patrulheiro da Guarda-Costeira chinesa Haijin 1001, de 100 m de comprimento e 1.500 toneladas, está subindo a costa brasileira em direção ao Caribe, e deve fazer mais de uma escala em portos nacionais. Só que rebatizado como Nelson (CG 60) e pintado com as cores da Guarda Costeira de Trinidad Tobago…

No fim da semana passada ele ainda se encontrava na base naval sul-africana de Simmonstown, se preparando para a parte final (e mais longa) de sua travessia. O barco transporta uma tripulação mista, de chineses e trinitinos.

A cessão do patrulheiro foi um dos vários pedidos que, em fevereiro passado, a então Primeira-Ministra trinitina Kamla Persad Bissessar fez ao Primeiro-Ministro chinês Li Keqiang, durante sua visita oficial a Pequim.

Bissessarpassatropasemrevista

Bissessar inaugurou o prédio da Embaixada de Trinidad Tobago na capital chinesa, e apresentou a seus colegas asiáticos uma alentada lista de reivindicações, que incluía, entre outros pontos, a construção de dois hospitais, de um porto na ilha de Trinidad e de quatro zonas comerciais, com o objetivo de dinamizar a atividade econômica de seu país.

Bissessarinauguraembaixada

Cerimônia de inauguração do prédio da nova Embaixada de Trinidad Tobago em Pequim

Abordagem – Navio da classe cutter Haixun (Tipo 718), o Nelson é uma unidade relativamente nova. Ele foi lançado ao mar a 23 de novembro de 2006, e comissionado pela Guarda Costeira da República Popular da China em 2008.

Equipado com um canhão de 37 mm, além de metralhadoras e dois botes semi-rígidos, para a abordagem de embarcações suspeitas em alto-mar, ele possui convés de voo à ré, velocidade em torno dos 18 nós, e dará importante ajuda no combate ao narcotráfico, ao contrabando em geral nas águas jurisdicionais trinitinas, e à pesca predatória.

Os governos do Reino Unido e da Colômbia ofereceram construir navios-patrulha oceânicos novos para os trinitinos, mas receberam como resposta que não havia dinheiro para essas aquisições.

Apesar disso, as Forças de Defesa de Trinidad Tobago conferem certa prioridade à Guarda Costeira, que teve seu efetivo ampliado, ganhou seis lanchas de vigilância costeira de 30 m de comprimento feitas em alumínio, e agora espera uma dúzia de barcos-patrulha que serão fornecidas pelo estaleiro holandês Damen.

BissessartropadaMarinha

Bissessarlanchanovaderé

O patrulheiro Nelson alcançará Port of Spain, a capital trinitina situada na confluência do Mar do Caribe com o Oceano Atlântico, na última semana deste mês.

Fonte: Plano Brasil

Sobre Joshua Duarte

Gosto de Filmes e livros de ficção, fantasia (principalmente Héry Póty), história e + ou - Best Seller. Odeio Gente idiota, ignorante, Poser, e que só sabe falar bem ou mal de PT e PSDB, pq pra mim é tudo a mesma bosta. Haaaaaa!!! Quase que eu esqueço, adoro rock e odeio funk, por mim, poderia cair um raio em cima de tudo que for funkeiro.

Publicado em 10/17/2015, em Brasil, Mundp e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Era só pedir para o pais certo. Tem pais que da ate Refinaria de Petróleo de Graça.

    Curtir

  2. Renilson Almeida

    Que tal artigo abordando as forças armadas de Trindade Tobago e de outros países da América Central,principalmente os insulares.

    Date: Sat, 17 Oct 2015 14:51:00 +0000 To: renilson-almeida@hotmail.com

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: