Veja o tamanho do problema que é o EI para o Oriente Médio

As tentativas do Estado Islâmico (EI) de estabelecer um califado noIraque e na Síria parecem estar se consolidando. É o que mostram dados compilados pelo Institute of the Study of War (ISW), uma organização independente dedicada à análise de assuntos militares.

De acordo com um estudo de Jessica Lewis McFate, diretora de pesquisas do ISW, o período que compreendeu os meses de junho e setembro de 2014 foi decisivo no que diz respeito à conquista de objetivos militares no Iraque.

“O EI conseguiu obter o controle de 11 cidades, incluindo grandes centros como Mossul, Tikrit, Baiji e Hawija”, explicou. Armados e bem organizados, os militantes montaram as bases de sua infraestrutura a partir da captura de usinas no rio Eufrates, pontes e campos de extração de petróleo, que acabaram por se tornar suas maiores fontes de renda.

Ao longo do caminho em solo iraquiano, o grupo aos poucos conquistou bases militares e colocou as mãos em equipamentos poderosos que foram então rapidamente manobrados em direção ao outro lado da fronteira, na Síria.

Em meados do ano passado, o EI já controlava áreas na Síria próximas de Alepo e Raqqa, cidade que se tornou conhecida informalmente como a capital do califado. A partir de Raqqa e Al Hasaka, passou a expandir para Deier ez-Zor.

Formava-se um cinturão de controle que, por sua vez, ligava-se aos corredores no Iraque. Com a queda de Mossul, ainda na metade de 2014, os militantes do EI intensificaram os ataques na região do Curdistão iraquiano e também no norte sírio, mais especificamente em Kobane.

Após meses de violentas batalhas contra os curdos da Síria e do Iraque, que agiram com o auxílio de bombardeios da coalizão, os jihadistas foram expulsos de Kobane em janeiro de 2015. Nesta semana, contudo, retornaram para tentar novamente assegurar uma faixa de controle na fronteira com a Turquia.

O mapa abaixo, produzido com dados do ISW, destaca os locais no Iraque e na Síria nos quais o EI já exerce a sua influência e mostra qual a extensão do domínio garantido pelo grupo nestes países em junho de 2015.

isis

Fonte EXAME.COM

Sobre Joshua Duarte

Gosto de Filmes e livros de ficção, fantasia (principalmente Héry Póty), história e + ou - Best Seller. Odeio Gente idiota, ignorante, Poser, e que só sabe falar bem ou mal de PT e PSDB, pq pra mim é tudo a mesma bosta. Haaaaaa!!! Quase que eu esqueço, adoro rock e odeio funk, por mim, poderia cair um raio em cima de tudo que for funkeiro.

Publicado em 09/29/2015, em Mundo, Notícias, Oriente Médio e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Problema para USA resolver… Eles entendem disso.

    Curtir

  2. Marcelodellapoor

    Sim o problema EUA arrumou armando grupos que nem eles sabem o grau de gravidade que se meteram, estão sem moral são responsáveis pela tentativa econômica influenciar democracias em países que as culturas são diferentes, não como implantar nestas regiões além do que EUA só querem mesmo manter sua economia gasta em referência para ponto lucrativo, à Rússia esta desbancando e agora eu quero ver os liga da justiça se vai se meter com a Rússia não tem moral não tem não.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: