Venezuela envia militares a região disputada e causa protesto da Guiana

As Forças Armadas da Venezuela enviaram nesta terça-feira (22) milhares de soldados à fronteira com a Guiana, no leste do país. A movimentação perto da área disputada entre os dois países levou a protesto do vizinho.

As atividades militares acontecem um dia após a Guiana ameaçar levar a disputa pela região de Essequibo à Corte Internacional de Justiça por considerar esgotados os esforços da ONU para resolver o conflito.

De acordo com o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, as tropas realizam um exercício militar. “Fazemos um exercício de deslocamento operacional. (…) Estamos nos preparando em todas as frentes.”

O anúncio do ministro é feito minutos depois de o presidente da Guiana, David Granger, reclamar do reforço militar na fronteira. Para ele, seu colega Nicolás Maduro segue um rumo perigoso ao evitar uma solução pacífica.

“Achamos que a Venezuela está tomando neste ponto um caminho perigoso em vez de buscar uma solução pacífica para o assunto. A Venezuela parece seguir um rumo ofensivo e agressivo.”

Granger busca o apoio de países da América antes de se pronunciar sobre a disputa pela região de Essequibo na Assembleia-Geral da ONU, em discurso previsto para a próxima sexta-feira (25).

Nele, defenderá que os limites entre os dois países foram acertados no tratado assinado entre a Venezuela e o Reino Unido em 1899. Caracas afirma que o documento foi fraudado para beneficiar na época aos britânicos.

VOLTA

A disputa fronteiriça entre Venezuela e Guiana foi reativada no final de maio depois que a companhia Exxon Mobil descobriu uma jazida de petróleo no litoral de Essequibo.

O tema foi colocado em segundo plano em agosto quando o governo de Nicolás Maduro decidiu fechar sua fronteira oeste com a Colômbia, sob a alegação da atividade de grupos paramilitares e contrabando.

A questão começou a ser resolvida na segunda (21) depois de reunião entre Maduro e o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, mediada pelo Equador e o Uruguai. Um dos pontos é a abertura progressiva da fronteira.

A oposição ao chavista e outros críticos estrangeiros acusam o mandatário de usar as crises diplomáticas para poder ganhar as eleições parlamentares de dezembro.

FONTE: Folha de São Paulo

Sobre Joshua Duarte

Gosto de Filmes e livros de ficção, fantasia (principalmente Héry Póty), história e + ou - Best Seller. Odeio Gente idiota, ignorante, Poser, e que só sabe falar bem ou mal de PT e PSDB, pq pra mim é tudo a mesma bosta. Haaaaaa!!! Quase que eu esqueço, adoro rock e odeio funk, por mim, poderia cair um raio em cima de tudo que for funkeiro.

Publicado em 09/24/2015, em América do Sul, Guerras e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. As Forças Armadas da Venezuela enviaram nesta terça-feira (22) milhares de soldados à fronteira com a Guiana, no leste do país. A movimentação perto da área disputada entre os dois países levou a protesto do vizinho.(CITAÇÃO DA MATÉRIA)

    Certa ocasião comecei bem no muro que divisa minha Propriedade com a do Vizinho; Um CHURRASCO NO CAPRICHO. Não demorou 1 hora e la estava ele reclamando da fumaça e do cheiro da Carne Assada. Moral da Historia: CADA UM FAZ O QUE QUER DENTRO DE SUA PROPRIEDADE.

    O problema vai ser grave quando o Vizinho começar a enviar os ossos alem da divisa.

    Curtir

  2. O maduro está querendo levar Tomahawk na cabeça.Já não basta a crise interna.

    Curtir

  3. eadem@ig.com.br

    Apesar de ser vizinha da Guiana Inglesa, teoricamente a Venezuela é um país independente e com autonomia para passear com suas tropas pelos seus espaços aéreo, marítimo e terrestre e ninguém tem nada a ver com isto. Muito menos se assustar!

    O que a Venezuela não deve é invadir o país vizinho e aí são outros 500, porque num caso desses a OEA e a ONU é quem deveriam solucionar a questão.

    Mas o que NÃO PODE MESMO e o mundo inteiro deveria se revoltar é dos EUA que não são vizinhos da Rússia e muito menos da China, ou sequer da Venezuela, estarem enviando há muito tempo milhares de tropas e armamentos para as fronteiras da R´[ussia, da China e da Venezuela, ao ocupar militarmente a Coréia do Sul, Japão, Taiwan e ilhas bo pacífico, toda a Europa ocidental e Oriental salvo à Rússia e Bielorússioa e também à Colômbioa, Peru e Paraguai.

    Atenção brazucas analfabetos: Vocês sabiam que os EUA ocupam militarmente o Paraguai paera melhor invadirem o Brasil sob a alegação de que nós fornecemos dinheiro aos terroristas do Oriente Médio?

    Vocês não sabiam?

    Então deitem-se de bruços, arregalem suas roscas e peçam para os mais membrudos americanos penetrarem vocês usando areia como lubrificante…

    …vocês merecem!

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: