As armas da Coreia do Norte


Assolado pela pobreza e pela fome, este país sustenta um dos estados mais militarizados do planeta. Envolvidos em disputas de território com a Coréia do Sul desde a década de 40, os comunistas do Norte contam com tropas numerosas com muito armamento convencional. Nas últimas décadas, o país desenvolveu tecnologia para produzir armas nucleares.


Hwasong-5 e Hwasong-6

Hwasong-5 e Hwasong-6

O míssil Hwasong-5, desenvolvido na década de 1980 na Coreia do Norte, é uma versão baseada na tecnologia do míssil soviético Scud – que, por sua vez, é derivado de um foguete alemão V2, usado na II Guerra Mundial. Esses mísseis costumam carregar ogivas convencionais, mas também ter capacidades químicas, biológicas e nucleares. À época, Pyongyang realizou vários testes do Hwasong-5, que tem um alcance de aproximadamente 300 quilômetros, até lançar depois o Hwasong-6, com alcance de 500 quilômetros. Assim, passou a ter capacidade para atingir alvos na Coreia do Sul.

Nodong

Nodong

O míssil Nodong é uma versão melhorada do Scud, com alcance potencial de 1.300 quilômetros – distância que permitiria à Coreia do Norte atingir o Japão e o Taiwan. Em 1993, foi realizado um teste com o míssil, mas ele seguiu por 500 quilômetros antes de cair no Mar do Japão. Apesar dos problemas técnicos, o projeto causou preocupação internacional, porque o míssil teria capacidade para carregar uma ogiva nuclear. No ano seguinte a este teste, a Coreia do Norte deixou de ser membro da Agência Internacional de Energia Atômica, órgão que integrava há duas décadas.

Taepodong-1 e Taepodong-2

Taepodong-1 e Taepodong-2

O míssil Taepodong -1, anunciado nos anos 1990, alimentou ainda mais as ambições da Coreia do Norte – ele teria um alcance médio de 2.500 quilômetros. O país chegou a dispará-lo contra o Japão, mas o míssil acabou caindo no Oceano Pacífico. O alcance da versão 2 seria de aproximadamente 6.700 quilômetros – o suficiente para atingir o Alaska.

Musudan

Musudan

O míssil Musudan tem um alcance intermediário, estimado em mais de 3.000 quilômetros – um raio de ação que poderia atingir a Coreia do Sul, o Japão e até a ilha americana de Guam, localizada a 3.200 quilômetros da Coreia do Norte. Acredita-se que este míssil nunca foi testado. Há rumores de que houve um teste no Irã nos anos 2000, mas a informação não foi confirmada.

KN-08

KN-08

O míssil KN-08, cuja existência foi anunciada em abril de 2012, tem um alcance elevado e foi desenvolvido para carregar armas nucleares. Pyongyang afirma que o míssil pode alcançar até 9.656 quilômetros, colocando, dessa forma, Los Angeles na mira. No entanto, esse modelo nunca foi testado, e não é possível saber se ele funciona – o KN-08 precisaria de testes rigorosos para de fato funcionar. Não se sabe nem sequer se o modelo exibido é verdadeiro. Mesmo assim, é alvo de atenção, especialmente nos EUA, onde as fontes também divergem sobre a capacidade do míssil de atingir o território americano.

 MiG-29

Um dos aviões de combate mais sofisticados é o MiG-29B, pouco mais de 30 modelos. É, uma aeronave com capacidades limitadas, neste caso mesmo quando comparadaa com outras do mesmo modelos-base em serviço pelo mundo fora. Evidentemente que não deverá, nem poderá, ser subestimado, pois é operado pelas esquadras de elite da FAPC, mas a conclusão geral permanece válida.

Arma nuclear

Arma nuclear

Em fevereiro, a Coreia do Norte confirmou ter realizado o terceiro teste nuclear – subterrâneo – da história do país. Estados Unidos e Japão enviaram à região aviões com sensores de radiação para avaliar a extensão da detonação e afirmaram que este teste foi mais poderoso do que os dois anteriores – em 2006 e 2009. A explosão teria uma potência entre seis e sete quilotons – inferior à bomba de dezessete quilotons lançada sobre Hiroshima, em 1945. Ao realizar o teste, a Coreia do Norte não ignorou apenas as reiteradas advertências da ONU e de potências como Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão, mas também desrespeitou uma clara orientação da China – que pode decidir cortar sua ajuda a Pyongyang, caso o regime de Kim Jong-un siga com suas ameaças.

Anúncios

Sobre Joshua Duarte

Gosto de Filmes e livros de ficção, fantasia (principalmente Héry Póty), história e + ou - Best Seller. Odeio Gente idiota, ignorante, Poser, e que só sabe falar bem ou mal de PT e PSDB, pq pra mim é tudo a mesma bosta. Haaaaaa!!! Quase que eu esqueço, adoro rock e odeio funk, por mim, poderia cair um raio em cima de tudo que for funkeiro.

Publicado em 08/20/2015, em Mundo, Notícias e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. E a fome do povo que se dane; desde que tenham Armas para enriquecer os Fabricantes de Armas.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Renilson Almeida

    Uma curiosidade minha: será que a atual Alemanha chegou a utilizar armamentos da antiga Alemanha Oriental após a derrubada do muro de Berlim?E o atual Vietnã fez o mesmo com o antigo Vietnã do Sul?O atual Iemêm fez com o antigo Iemên do Sul?Que tal esta indagação?

    Date: Thu, 20 Aug 2015 22:23:09 +0000 To: renilson-almeida@hotmail.com

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: