China tem um plano para o colapso da Coreia do Norte, apontam documentos


Relatório do Exército chinês obtido pela imprensa demonstra que Pequim não crê na longevidade do governo ditatorial de Kim Jong-un


A China já possui um detalhado plano de contingência para um eventual colapso do regime norte-coreano, revela o jornal britânico The Telegraph, com base em documentos que vazaram para a imprensa. A existência do plano indica que Pequim não mantém muitas esperanças no futuro do governo ditatorial comandado por Kim Jong-un.

Os documentos foram elaborados pelo Exército chinês e vazaram para a imprensa japonesa. Ainda não se sabe a extensão das informações e o grau de detalhes do projeto chinês, mas há indícios sugerindo que a China planeja construir campo de refugiados na fronteira com a Coreia do Norte para o caso de um surto de agitação civil no país vizinho. As autoridades chinesas pretendem questionar os recém-chegados, determinar suas identidades e isolarem quaisquer indivíduos que são considerados perigosos ou indesejáveis.

Os documentos sugerem que “forças estrangeiras” poderiam ser responsáveis por um incidente que leve à ruptura dos controles internos na Coreia do Norte, resultando em milhões de refugiados que tentariam fugir. O relatório também faz um apelo para as autoridades chinesas reforçarem a fiscalização nos 879 quilômetros de fronteira terrestre entre os dois países. Há ainda um plano de proteção de figuras-chave da política e do Exército norte-coreano em caso de um colapso no país. A proteção seria contra possíveis ataques de “outras forças militares” interessadas em desmantelar o regime norte-coreano – numa referência aos Estados Unidos, segundo a imprensa japonesa.

De acordo com o jornal japonês Kyodo News, os documentos chineses propõem que os principais líderes políticos e militares norte-coreanos devem ser detidos em campos especiais, onde possam ser monitorados, mas também impedidos de dirigir operações militares ou tomar parte em ações que poderiam ser prejudiciais para o interesse nacional da China.

“Isso [o relatório] só sublinha que todos os países envolvidos e preocupados com a estabilidade do nordeste da Ásia precisam conversar uns com os outros”, disse ao jornal Jun Okumura, especialista do Instituto Meiji para Assuntos Globais. “O que nós aprendemos com o fim de outras ditaduras – a União Soviética, a Líbia de Muammar Kaddafi – é que quanto mais totalitário for o regime, mais rápido ele cai”, acrescentou Okumura. “É por isso que precisamos de planos de contingência e tenho certeza de que os EUA e a Coreia do Sul também têm projetos nesse sentido, mas a descoberta das medidas chinesas é nova”, finalizou.

A revelação dos planos chineses vem apenas dias depois de Pequim emitir um alerta a Pyongyang antes de um possível quarto teste nuclear norte-coreano. Sendo um dos únicos países com interlocução com os norte-coreanos, a China comunicou a seus vizinhos que “não permitiria ter uma guerra ou o caos em sua porta”. Por causa de atritos entre Pequim e Pyongyang, a China se recusou a exportar petróleo para a Coreia do Norte nos primeiros três meses deste ano.

Fonte: Veja

Sobre Joshua Duarte

Gosto de Filmes e livros de ficção, fantasia (principalmente Héry Póty), história e + ou - Best Seller. Odeio Gente idiota, ignorante, Poser, e que só sabe falar bem ou mal de PT e PSDB, pq pra mim é tudo a mesma bosta. Haaaaaa!!! Quase que eu esqueço, adoro rock e odeio funk, por mim, poderia cair um raio em cima de tudo que for funkeiro.

Publicado em 08/18/2015, em Mundo, Notícias e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. eadem@ig.com.br

    Ninguém em sã consciência acredita que o regime do obeso Lulo-Dilmo norte-coreano emplaque muito tempo além do que já se aguentou e só inocentes jornalistas e pretensos “experts” brasileiros são ingênuos o suficiente para espantar-se com o fato de que a China e provavelmente a Rússia vão intervir ocupando o país a fim de manter o “aliado” e é claro, por ordem na casa alheia.

    Até porque – caso esses “competentes intelectuais” brasileiros se lembrem – a Coréia do Norte é uma “cria” da China de Mao Tse Tung com total aval de Moscou da era de Stalin e essas duas potências não vão querer que os EUA metam a concha nessa “sopa” que russos e chineses vêm aquecendo há exatos 62 anos, desde que deram uma surra nas tropas da ONU encabeçadas pelos EUA.

    Acho até que será melhor para os norte-coreanos…!

    Curtir

  2. Essa noticia ta mais para uma “fofóca” do tipo que empurra cachorro louco para briga. Depois o que sobrar e cachorro útil. Como tentou BIL CLINTON fazer, quado disse que era mais a favor da Argentina como Líder na America do Sul do que seu “vizinho” P e Tralha.

    Curtido por 1 pessoa

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: