A compra do ‘Siroco’: navio está custando US 83 milhões ao governo, e deve receber motores mais potentes

Sirocoatracado

Marinha francesa está liberando o “Siroco” para o Brasil por 83 milhões de dólares

A negociação levada a efeito pelo Ministério da Defesa para viabilizar a transferência do navio de desembarque-doca francês Siroco para a Marinha do Brasil, conseguiu baixar o preço pedido pela Marine Nationale, de 80 milhões de Euros (o equivalente, hoje, a 88,280 milhões de dólares) para 83 milhões de dólares.

A redução é menor que a esperada por muitos chefes navais, que sonharam gastar com essa aquisição apenas um valor parecido com os 60 milhões de Euros que os franceses cobraram à Armada do Chile para vender-lhe o navio Foudre – da mesma classe que o Siroco mas oito anos mais antigo.

Com o resultado do entendimento estabelecido pelo Brasil, os 80 milhões de Euros originalmente pedidos pela Marinha da França caíram somente para 75,215 milhões de Euros.

A questão agora é torcer para que “o molho não fique mais caro que o peixe”.

Desgaste – A empresa francesa DCNS, que fará os reparos no Siroco antes que ele siga para o Brasil, reclassificado como navio anfíbio multipropósito Bahia, aconselhou a Marinha brasileira a trocar o atual sistema de propulsão do barco – dois motores franceses SEMT Pielstick de 15.290 kW – por um outro conjunto de maior potência. E isso por dois motivos: em função do forte desgaste da motorização da embarcação, e do fato desses equipamentos já não serem mais fabricados.

Sirocoabertoare

Navio precisará de motores novos e mais potentes

A antiga SEMT Pielstick, formada em 1988, já não existe mais. Em 2006 ela passou totalmente para o controle do grupo alemão MAN, e foi redesignada como MAN DIESEL S.A. Porém, desde 2010 vem operando como MAN DIESEL & TURBO.

A linha de propulsores Pielstick não é desconhecida na Marinha do Brasil.

O navio-escola Brasil é movido por dois motores diesel de seis cilindros Ishikawajima Brasil Pielstick 6PC L400, gerando 7.800 hp, acoplados a dois eixos Pielstick.

Logística – Nesse momento, diferentes diretorias da Marinha – como a de Engenharia Naval, a de Sistema de Armas e a de Abastecimento – já estão trabalhando no que é conhecido no jargão naval brasileiro como “Logística Integrada”, para que, ano que vem, o NAM Bahia possa ser adequadamente recebido no país.

A Diretoria de Abastecimento está subordinada à Secretaria-Geral da Marinha, e controla um agrupamento de organizações militares incumbidas de prover desde o rancho até a munição dos navios da Esquadra, passando por milhares de itens de suprimentos e peças.

centro de muniçaoMB

Entrada do Centro de Munição da Marinha em dia de visita de oficiais do Exército brasileiro

Subordinadas à Diretoria de Abastecimento estão, entre outras, a Base de Abastecimento, o Centro de Munição e os Depósitos de Sobressalentes, de Combustíveis e de Material de Saúde da Marinha – todas sediadas no Rio de Janeiro.

Fonte: Plano Brazil

Sobre Joshua Duarte

Gosto de Filmes e livros de ficção, fantasia (principalmente Héry Póty), história e + ou - Best Seller. Odeio Gente idiota, ignorante, Poser, e que só sabe falar bem ou mal de PT e PSDB, pq pra mim é tudo a mesma bosta. Haaaaaa!!! Quase que eu esqueço, adoro rock e odeio funk, por mim, poderia cair um raio em cima de tudo que for funkeiro.

Publicado em 08/18/2015, em Brasil, Notícias e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. O BRASIL ESTÁ PRECISANDO QUE AS RATAZANAS PAREM DE SAQUEÁ-LO P/QUE AS VERBAS DA SAÚDE E DA EDUCAÇÃO SEJAM EMPREGADAS CORRETAMENTE P/ O BEM DO POVO BRASILEIRO

    Curtir

  2. Conforme as fotos desse navio para desembarque de Tropas, acho que esta faltando um forte conjunto de rodas com pneus tipo dos usados em Super Tratores de Mineração para poder ser usado na Fronteira OESTE com nossos vizinhos BOLIVARIANOS.

    Porque doutro lado do Atlântico podemos invadir com “pirogas” de índios. Almir Klincke (o navegador solitário) ja provou que isso é possível. Se estão pretendendo ir ate Europa com esse navio para Guerrear contra Potencias, acredito que não passa de Fernando de Noronha ja colocam ele a´pique nas profundezas do Atlântico.

    Curtido por 1 pessoa

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: