França entrega à Russia tecnologia de construção de navios da classe Mistral

O diretor do departamento de cooperação técnica-militar russo Aleksei Diky, declarou que a França entregou à Russia parte da tecnologia de montagem de grandes blocos para a construção dos porta-helicópteros da classe Mistral. A declaração foi feita nesta quinta-feira 18/07 “…De acordo com o contrato entre o Ministério da Defesa Russo e a empresa Francesa DCNS, três tipos da tecnologia foram transferidas. Dos três tipos da tecnologia recebidos dois foram repassadas ao Ministério da Defesa Russo e a terceira que é a tecnologia da montagem de grandes blocos foi entregue direto à empresa Admiralteiskie Verfi”.

Vladivostok..

Diky explicou que o centro de engenharia da empresa russa recebeu da parte francesa também os desenhos de ré dos Mistrais e os adaptou para ser usados na fábrica Baltiysky, onde foi realizada a construção de grandes blocos de navios. Ainda de acordo com o departamento de cooperação técnica-militar russo, a parte russa cumpriu todos os compromissos assumidos através do contrato sobre a produção de ré para os porta-helicópteros, recebeu o pagamento e já não tem nada a ver com o cumprimento do resto do contrato.

vladivostok_foto-bernard-600x400

Nesta terça-feira dia 16/07 o Escritório de Design de Neva (da cidade russa de São Peterburgo) relatou sobre a criação de um projeto de navio Priboi que poderia substituir os Mistrais. O contrato de fornecimento dos porta-helicópteros da classe Mistral foi assinado entre a empresa francesa DCNS e a russa Rosoboronexport em 2011. A França deveria ter entregado o primeiro navio, chamado Vladivostok, em novembro do ano passado, mas não cumpriu o compromisso alegando a escalada do conflito na Ucrânia. A Rússia espera que Paris cumpra o contrato ou devolva o dinheiro.

FONTE : Sputniknews

Publicado em 06/18/2015, em Notícias e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. eadem@ig.com.br

    Mentira! A França não entregou nada à Rússia, segundo revelou um ministro desse país.

    Primeiro que a França não “entregaria tecnologia” militar nenhuma à Rússia nas atuais circunstâncias.

    Segundo que a Rússia tem mais tecnologia que a França ou qualquer outro país para construir porta-aviões e qualquer outra belonave do tipo que necessitar.

    Na verdade, a Rússia está se rearmando e tem pressa e fez um negócio com a França visando receber os dois porta-helicópteros (classe “Mistral”) ora em construção.

    Só que a Rússia pagou aos franceses mas o moleque e estelionatário Hollande, lacaio e capacho dos norte-americanos, cismou de boicotar à Rússia e não entregou os dois navios (dos quais um já está terminado). De quebra, não devolveu a Putin o dinheiro já pago pelos russos.

    Se Putin fosse mau e a Rússia agressiva, ou se eu fosse o czar, Paris e mais meia-dúzia de cidades francesas já teriam sido riscadas do mapa nuclearmente e quem se doesse pela França teria igual tratamento!

    Curtir

  2. Esta mais que na hora da RUSSIA importar especialistas em assuntos Políticos Mundiais e Militares, exatamente no Fundo do Quintal desse Planeta Terra. Existe sobejamente numa região abaixo da Linha do Equador, marginado pelo Atlântico com 7.500 kilometros de Praias,
    um País onde farto material humano esta disponível para Assessoramento nas áreas Político Sócio Econômico. é só procurar nesse Espaço onde existe tresloucado disponivel.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: