Obama diz que tropas russas ainda operam na Ucrânia

Presidente dos EUA, Barack Obama, em entrevista coletiva no encerramento da cúpula do G7 na Alemanha (Foto: Kevin Lamarque/Reuters)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira (8) que forças russas continuam a operar no leste da Ucrânia, apesar das negações de Moscou, e que o grupo G7, dos países mais ricos do mundo, está pronto para impor sanções significativamente mais rígidas caso necessário.

Obama disse durante entrevista coletiva após cúpula do Grupo dos Sete na Alemanha que as sanções existentes vão continuar até Moscou e os rebeldes pró-Rússia no leste ucraniano respeitarem totalmente um acordo de cessar-fogo negociado em Minsk, capital de Belarus, em fevereiro.

“Como vimos novamente nos últimos dias, forças russas continuam operando no leste ucraniano, violando a soberania da Ucrânia e integridade territorial”, disse Obama.

“A Rússia está em profunda recessão. Então as ações da Rússia na Ucrânia estão machucando a Rússia e machucando o povo russo”, disse. “E o G7 está deixando claro que caso seja necessário, estamos prontos para impor sanções adicionais significativas contra a Rússia”, acrescentou.

Os líderes reunidos na cúpula expressaram preocupação com a escalada dos combates no leste ucraniano, onde separatistas apoiados pela Rússia vêm enfrentando as tropas de Kiev, uma violação do cessar-fogo assinado em abril.

Esta foi a segunda cúpula do G7, que excluiu a Rússia desde que Putin foi afastado do que costumava ser o G8, em reação à anexação da península ucraniana da Crimeia em março do ano passado. A anexação foi chamada de “ilegal” em comunicado do G7.

‘Glórias soviéticas’
Obama também acusou seu colega russo, Vladimir Putin, de acabar com a economia da Rússia em uma tentativa malfadada de recriar as glórias soviéticas.

“Ele tem que tomar uma decisão”, afirmou Obama a respeito de Putin. “Ou ele continua a destruir a economia de seu país e continua com o isolamento da Rússia em busca de um desejo equivocado de recriar as glórias do império soviético, ou reconhece que a grandeza da Rússia não depende de violar a integridade territorial e a soberania de outros países.”

O Kremlin minimizou a ausência de Putin da reunião anual, dizendo que ele prefere “outros formatos” que são mais eficazes e refletem melhor o equilíbrio do poder econômico global.

“Atualmente é impossível se juntar em sete ou oito pessoas e discutir problemas globais eficazmente”, teria dito o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskok, segundo a agência de notícias RIA.

Fontes do G7 disseram que a crise da Ucrânia e a maneira de lidar com a Rússia ocuparam dois terços da discussão de um jantar no domingo dedicado à política externa.

Fonte: G1

Publicado em 06/09/2015, em Notícias e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Glórias soviéticas’
    Obama também acusou seu colega russo, Vladimir Putin, de acabar com a economia da Rússia (citação da matéria)

    Nos engana que nós acreditamos que Obama esta preocupado com o acima na citação.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Os EUA têm bases militares e tropas espalhadas pelo mundo inteiro e em muitas partes, guerreando ativamente contra quem quer que seja e sem nenhum mandato da ONU ou ao menos na defesa de interesses justificados humanitariamente.

    Todavia, se arvorando em POLÍCIA DO MUNDO, o palhaço e bailarino gay negro americano larga a mulher dele nas camas dos amantes dela para se intrometer numa briga que não é da Europa, nem da Otan e muito menos dos EUA.

    De quebra, Macack Obanana provoca à China tentando humilhá-la e parar o progresso desse grande país asiático.

    Moral da estória: A situação mundial atual é igual a vivida por Hitler, Mussolini e Tojo no final dos anos 30, quando o Eixo foi obrigado a ir à guerra para se contrapor às covardes pressões norte-americanas e inglesas. Deu no que deu e por sorte naquela época a Rússia e a China estavam do lado dos ladrões judaico-aliados e fizeram a parte suja da guerra, deixando as glórias para os bastardos ocidentais se locupletarem e enriquecerem indecentemente com elas por anos a fio.

    Mas 70 anos depois o urubu negro dos EUA quer mais. Seus sócios judaico-europeus também.

    Por que?

    Porque os EUA e a Europa estão na miséria e todos os FDP seus dirigentes necessitam de BODES EXPIATÓRIOS para justificar suas palhaçadas e garantir reeleições e é claro: O PODER MUNDIAL!

    Só que a besta negra dos EUA, o bailarino e palhaço Macack Obanana não percebe que se houver guerra, nem os EUA, a OTAN, ou o Japão terão qualquer benefício com o conflito, mesmo que destruam as economias da China e da Rússia. E por quê?

    Porque os malditos EUA e Israel, além de seus escravos coreanos e japoneses, além dos lambe-varas da OTAN serão todos destruídos.

    Ou seja: O estúpido Macack Obanana trocará Los Angeles, San Francisco, Las Vegas, Miami, Houston, Washington, Philadelphia, Bostopn, New York City, London, Paris, Roma, Berlin, Amsterdam, Brussels, Warsawa, Tolio, Kioto, Seul e muitas outras cidades do mundo dito “rico e civilizado” por Moscou e Pequim.

    Que troca inteligente, heim?

    Se alguém não parar esse macaco ele incendiará o mundo e por isso o mundo tem que boicotar os EUA e seus aliados já!

    Extermine alguém da OTAN ou dos seus aliados e ajude à humanidade a escapar viva da aventura irresponsável do presidente dos EUA Macack Obanana!

    Curtir

  3. Na próxima reportagem diz assim Otan e Kieve cria força tal e tal. Que me parece que está operando na Ucrânia são os EUA. Na minha opinião Putin deveria chutar o Balde tomar de vez a Ucrania e chutar a bunda da Otan do Leste Europeu como fez com hitler. Ponto final.

    Curtir

  4. William André dos Santos

    Obs…Eu não sei porque, mais os russos gostam de bater em bêbado, no começo da festa e no fim da festa eles são covardes por natureza, que Deus castigue esses comandantes militares russos que adoram carnificina ok.

    Curtir

    • Jonatan souza

      Ops:quem gosta de bater em cachorro morto quase agonizando são os americanos Iraque, líbia,Síria, Afeganistão Iugoslávia, tchecoesvaquia, Japão e Vietnã só que nesse ultimo levou uma surra,os EUA é o tipico valentão de escola que é muito macho contra os mais fracos mas na hora de bater em alguem de mesma força fica igual uma galinha molhada,na hora que os medias”imparciais”do ocidente perguntaram se os EUA iam a guerra pela Ucrânia gaguejaram e disseram que não,claro do outro lado não é um cachorro morto né é a Rússia ali é outro nível de guerra uma que não se vence.

      Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: