EUA rejeitam ideia de aliança militar com países do Golfo

Aliança no Golfo

Na véspera da cúpula em Camp David altos funcionários da Casa branca dizem que a aliança formal entre os EUA e os países do Golfo não irá aparecer no futuro próximo. Os políticos americanos alegaram as complexidades em formação de um tratado militar no Oriente Médio.

Ben Rhodes, conselheiro-chefe de segurança para a comunicação estratégica dos EUA, disse ao jornal Al-Jazeera nesta quarta-feira (13) que os EUA continuam apenhados em garantir a defesa dos países-membros do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), mas um tratado formal não está previsto para o futuro próximo.

“Um tratado não é algo que nós buscamos, levou décadas para criar a OTAN e construir relações com os aliados asiáticos, mas podemos proporcionar garantias claras de que iremos defendê-los [países do Golfo]”, comentou Rhodes. As declarações foram feitas um dia antes do início da cúpula em Camp David em Maryland na qual o presidente dos EUA Barack Obama irá encontrar-se com os líderes dos países do CCG.

paises do golfo

Os EUA e os países do Golfo irão também discutir questões de segurança enquanto aumentam tensões entre as potências regionais por causa da situação no Iêmen e na Síria.A coalizão árabe, inclusive o Catar e a Arábia Saudita, iniciou ataques aéreos no Iêmen para restaurar o governo do presidente iemenita Abed Rabbo Mansour Hadi e parar a ofensiva do movimento Houthi que, segundo alguns relatos, é apoiado pelo Irã.

Tanto a Arábia Saudita como o Catar apoiam os rebeldes sírios que lutam contra o governo do presidente Bashar Assad e são apoiados das autoridades iranianas.Por causa das tensões dos mencionados países com o Irã, eles pretendem pressionar os EUA para os estadunidenses darem garantias escritas de prontidão a defendê-los no caso de ataque iraniano.

Os EUA, entretanto, se encontraram em uma posição delicada. Por um lado, a administração de Obama quer assinar o acordo nuclear com Irã e, segundo relatos do senador estadunidense John McCain, pretende levar os Estados do Golfo a apoiar o dito acordo oferecendo-lhes em troca a defesa integral contra mísseis balísticos ou em outras palavras tentam suborná-los.

USAF_F-16A_F-15C_F-15E_Desert_Storm_edit2

No contexto de desejo de Obama de finalmente chegar ao acordo com o Irã sobre o seu programa nuclear o recuso de criar uma aliança militar com os países do Golfo pode ser considerado como uma relutância de irritar o Irã. Por outro lado os EUA apoiam a operação militar da coalizão árabe no Iêmen, o que cria tensões com a República Islâmica do Irã como, por exemplo, no caso o cargueiro iraniano com ajuda humanitária para a população do Iêmen quando os EUA disseram que estão vigiando o navio e o lado iraniano por sua vez manifestou que qualquer tentativa dos EUA ou da Arábia Saudita de parar o navio poderão resultar numa guerra.

FONTE : Sputniknews

Publicado em 05/14/2015, em Notícias e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. QUE BALAIO DE GATOS…NÃO DA PARA ENTENDER NADA. Exceto que venderão armas em troca de Petróleo.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Claro que os americanos não farão alianças militares com países do Golfo! Afinal, os EUA são os donos do Golfo!

    De quebra, Macack Obanana só quer mesmo os árabes como compradores das suas armas sucateadas e escravos a serem usados em caso de guerra pra morrerem por eles.

    Lógico que o petróleo continua anglo-americano, os patifes príncipes árabes continuam ricos e f. -se quem achar ruim!

    Curtir

  3. William André dos Santos

    Obs…Somente Deus Pai todo poderoso pode salvar os povos do oriente médio, pois eles raciocinam de uma maneira muito diferenciada do mundo moderno, não são todos porém à maioria acha que o terrorismo é a solução para os problemas internos que eles estão passando, a solução não é o terror a solução é o dialogo aberto e que a paz sempre prevaleça a todo momento, ai sim eles terão uma qualidade de vida melhor, os EUA não querem meter a mão em vaso quebrado para consertar, porque eles sabem que não da para confiar em lugar que é barril de pólvora puro. Eles não sabem utilizar o dinheiro que vem do petróleo, pois o dia que eles banirem o terrorismo eles serão inteligentes. Obs…terrorista bom é terrorista morto antes que provoque o atentado.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: