Pentágono: China lançou objeto misterioso ao espaço

Um relatório recente publicado pelo Departamento de Defesa alerta para o crescente programa espacial chinês, insistindo que muitas das atividades espaciais de Pequim estão voltadas para dar respostas às capacidades espaciais de adversários em caso de um conflito.

O relatório anual do Departamento de Defesa ao Congresso americano, chamado Acontecimentos Militares e de Segurança Envolvendo a República Popular da China, é divulgado ao mesmo tempo em que militares da Força Aérea pedem por uma defesa mais robusta das propriedades espaciais dos Estados Unidos. Os EUA possuem mais de 500 satélites que, de acordo com a Força Aérea, estão cada vez mais expostos a ameaças do programa espacial da China e das chamadas tecnologias contraespaciais.

“A China possui um programa espacial de amadurecimento mais rápido no mundo”, diz o documento, afirmando também que, paralelamente, a China continua a “desenvolver uma variedade de capacidades projetadas para limitar ou prevenir o uso de propriedades espaciais por seus adversários em monentos de crise ou conflito.”

A notícia deve alarmar países do Ocidente, em particular os EUA, que confiam pesadamente em satélites de comunicação e vigilância para manter uma vantagem no setor de informação em relação a seus rivais em potencial. O programa espacial de Pequim, que continua em rápida expansão, reduziria essa vantagem americana.

De acordo com o relatório, um lançamento feito em julho de 2014 renovou os temores em relação à capacidade chinesa de desenvolver tecnologias espaciais “destrutivas”. O documento aponta que enquanto o lançamento não resultou em nenhum prejuízo ou destruição, o evento tinha “perfil similar” a um teste executado no dia 2 de janeiro, no qual um satélite desativado foi propositalmente destruído, deixando centenas de pedaços de peças na órbita da terra.

“Os Estados Unidos expressam preocupação com o contínuo desenvolviento das tecologias espaciais destrutivas da China, que constituem uma ameaça para todas nações pacíficas e são inconsistentes com as declarações públicas da China sobre o uso do espaço para propósitos pacíficos.”

O relatório também detalha um incidente no qual a China enviou um objeto não identificado ao espaço em maio de 2013.

“A China lançou um objeto ao espaço em uma trajetória balística com uma altitude máxima de 30 mil quilômetros”, diz o texto. “A trajetória orbitou próximo de onde muitas nações mantêm satélites de comunicação.”

“Análise do lançamento determinou que o propulsor não estava na trajetória apropriada para colocar objetos em órbita e que nenhum satélite novo foi instalado”, completa o documento.

O objeto misterioso esteve no espaço por nove horas e meia antes de voltar à Terra e, mesmo não sendo identificado, o relatório sugere que o lançamento poderia ter “sido um teste de tecnologia com uma missão contraespacial.”

Temores em relação a satélites dos Estados Unidos já fizeram que a administração Obama propusesse gastos extras de US$ 5 bilhões durante os próximos cinco anos para manter a segurança dos satélites militares e espiões do país.

“O Pentágono está claramente a cada vez mais alarmado com o crescimento das capacidades espaciais e contraespaciais chinesas”, avaliou Brian Weeden, da Fundação de Segurança Mundial, à agência Reuters.

Fonte: http://br.sputniknews.com/mundo/20150511/991023.html#ixzz3ZstwyEfO

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 05/11/2015, em China e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. …São Lucas cap 21: 10- Então prosseguiu a dizer-lhes: “Nação se levantará contra nação e reino contra reino; 11 e haverá grandes terremotos, e, num lugar após outro, pestilências e escassez de víveres; e haverá vistas aterrorizantes e grandes sinais do céu.

    Parece-lhe familiar isso? Os grandes sinais dos céus estão aí para quem tem discernimento.
    Os EUA possuem mais de 500 satélites que, de acordo com a Força Aérea, estão cada vez mais expostos a ameaças do programa espacial da China e das chamadas tecnologias contra espaciais.

    Curtir

  2. Que hipocrisia!!!

    Os EUA são o pais com a maior capacidade ‘destrutiva’ atualmente quando o tema é relação espacial e pacifico os EUA estão bem longe de ser.

    Curtir

  3. William André dos Santos

    Obs..Cuidado, os caras de china são muito esperto, os olhos repuxados e pequenos são muito inteligente…Obs. Os aliados tem que ficar com os olhos bem aberto para não serem surpreendidos no futuro pelos pequenos olhos dos caras de china ok.

    Curtir

  4. eadem@ig.com.br

    Se só os EUA já enchem o espaço cósmico próximo à Terra com nada menos que 600 satélites, significa que Washington espiona o mundo há uma pá de tempo e talvez até, por causa disso, os cretinos judaico-norte-americanos pensam que o espaço sideral seja deles.

    Ledo engano: O direito que pensam ter os carcamanos gangsters americanos da NASA, CIA e outras siglas mafiosas, os cientistas, militaqres e até mesmo particulares de outros países também têm e ninguém pode chiar por isso.

    Mas todo norte-americano é mesmo bastardo e enganador. Comete o crime de espionar os outros e acha que todo mundo tem que aceitar na boa e fim de papo. Mas quando é espionado, bota a boca no trombone.

    Tomara que a China, A Rússia, o Irã, a Coréia do Norte e todos os inimigos dos EUA, da OTAN e dos puxa-sacos asiáticos aliados de Washington encham o espaço cósmico de armas letais e em caso de guerra, não só anule todas as geringonças espaciais americanas mas arrase totalmente os EUA de modo a transformá-los num deserto. Isso, junto com todos os países aliados aos gangsters e piratas hoje comandados pelo “capo” mafioso Mumacack Obanana.

    Deus me ouça e amém!

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: