Força-Tarefa Poti encerra suas atividades na Operação São Francisco

FT Poti.4

O dia 30 de abril marcou o encerramento de mais uma nobre missão cumprida pelo 16º Batalhão de Infantaria Motorizado. Como organização militar que serviu de base para a constituição da Força-Tarefa Poti, o Batalhão integrou os VI e VII Contingentes da Força de Pacificação, por ocasião da Operação São Francisco, no Complexo da Maré (Rio de Janeiro).

FT Poti.2

A Força-Tarefa Poti reuniu militares das Guarnições de Natal, João Pessoa, Fortaleza, Crateús, Campina Grande, Teresina e Picos. Desenvolveu, no período de 11 de fevereiro a 30 de abril, atividades intensas de patrulhamento, estabelecimento de pontos de bloqueio, revistas de veículos e de pessoas. Dentre outras missões estabelecidas pelo Comando da Força de Pacificação – sempre com foco no objetivo maior de cooperar com o restabelecimento da paz social no Complexo.

FT Poti.3

O êxito nas operações foi conquistado, principalmente, graças à força, garra, coragem e ao espírito de cumprimento do dever do soldado nordestino.

FT Poti

Fonte: revista operacional

Publicado em 05/01/2015, em Notícias e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Em que pese essa boa vontade dos dignos soldados e Comandantes, mas pacificação e uma piada de “bom” gosto. Mas de paz não veremos nada por enquanto.
    Paz mesmo não esta no empenho dos homens ainda que seja louvavel o esforço dispendido.

    Veja o livro do profeta Daniel 2: 44 44 “E nos dias daqueles reis o Deus do céu estabelecerá um reino que jamais será arruinado. E o próprio reino não passará a qualquer outro povo. Esmiuçará e porá termo a todos estes reinos, e ele mesmo ficará estabelecido por tempos indefinidos

    1º aos Tessalonicenses 5: 3 Quando estiverem dizendo: “Paz e segurança!” então lhes há de sobrevir instantaneamente a repentina destruição, assim como as dores de aflição [vêm] sobre a mulher grávida, e de modo algum escaparão

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    É… só com soldados nordestinos mesmo pra fazerem alguma ação militar séria.

    É que se dependessem de realizarem o trabalho com milicos cariocas, até hoje os generais, brigadeiros e almirantes estariam discutindo as cores e feitios das miçangas e paetês das fantasias com que suas tropas desfilariam no próximo carnaval…

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: