Netanyahu diz que há um esforço ‘mundial’ para derrubá-lo

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, acena ao chegar ao Congresso dos EUA para realizar um discurso nesta terça-feira (3) (Foto: Mandel Ngan/AFP)

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse que há um “enorme esforço mundial” para garantir que ele perca a eleição na semana que vem em Israel, na qual a disputa é acirrada, segundo comentários divulgados pela rádio do Exército.

Segundo a emissora, ele fez o comentário na segunda-feira (9) para militantes de seu partido, o direitista Likud. A rádio interpretou as palavras de Netanyahu como uma referência ao financiamento estrangeiro para grupos de defesa de direitos, que lutam pela mudança de governo em Israel.

Os partidos políticos em Israel estão proibidos de aceitar dinheiro diretamente de doadores no exterior durante a campanha eleitoral. Mas esse tipo de financiamento é permitido sob a lei israelense para organizações sem fins lucrativos. Além disso, há muitos anos consultores norte-americanos aconselham candidatos israelenses.

“É uma corrida muito acirrada. Nada está garantido porque há um esforço enorme, em todo o mundo, para derrubar o governo do Likud”, afirmou Netanyahu, que foi aplaudido no Congresso dos Estados Unidos na semana passada, durante um discurso contra um possível acordo nuclear com o Irã, buscado pela administração do presidente Barack Obama.

O pronunciamento foi feito a convite da liderança republicana do Congresso, o que irritou a Casa Branca e os parlamentares democratas. Críticos acusaram Netanyahu de intervir na política dos EUA, e os republicanos, de tentar ampliar as perspectivas de reeleição dele.

O Likud e o partido de centro-esquerda União Sionista estão disputando palmo a palmo nas pesquisas de opinião antes da votação 17 de março. De modo geral, os comentaristas políticos dizem que Netanyahu é quem tem mais chance de formar um governo de coalizão após a votação.

Com a aproximação do dia da votação, “Netanyahu está sentindo a pressão … ele está atirando em todas as direções”, afirmou Isaac Herzog, dirigente do União Sionista, à Rádio Israel

FONTE: G1

Publicado em 03/10/2015, em Notícias e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Manda esse bost@ ir as fávas. Quem vai perder tempo com aquele quintal com meia duzia de galinha boba.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Porra! O cara é o sujeito mais escroto e odiado da humanidade, juntamente com o parceiro dele Obama, todos querem beber o coquetel com o fígado de ambos e o veado judeu vem fazer charminho dizendo que ninguém gosta dele? Ele necessita é de uma vara bem grossa no rabo dele… isso sim… FDP!

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: