Por que usamos o termo Prefeitura Municipal e não apenas Prefeitura?

Você já se perguntou o por que de chamarmos as administrações públicas das cidades de Prefeitura Municipal e não apenas Prefeitura?

2aa51dd137d724230c0c81ba4bb08172

A explicação é simples, prefeito (no Brasil) é um posto político novo que surgiu após os anos 30, quando ainda no Governo de Getúlio Vargas criou-se este cargo no executivo que antes era de responsabilidade do Intendente Municipal e antes dele do Presidente da Câmara Municipal.

Mas porque dizemos Prefeitura Municipal?

Prefeitura Militar de Brasília

Prefeitura Militar de Brasília

A resposta é simples, antes das Prefeituras Municipais já existiam e ainda existem no Brasil as Prefeituras Militares, os prefeitos militares e vice-prefeitos militares que são os militares responsáveis pela administração dos residenciais militares onde a administração chama-se, Prefeitura Militar, ou seja, a expressão Municipal visa diferenciar o tipo de prefeitura uma vez que Prefeitura Municipal é um termo novo.

Algumas universidades podem usar o termo Prefeitura para nomear sua adminsitração no campus universitário (Mas não é comum).

– Guerra & Armas, Francisco Santos.

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 02/25/2015, em Brasil e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Muito bom o assunto. Serviu para sanar possíveis dúvidas. Eu mesmo me “encuquei” com o assunto mas não tinha uma explicação pronta para o caso.
    Nota dez para o Autor do texto.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    E já que estamos tratando de bandalheira (no Brasil, “poder municipal” é um vocábulo com alta afinidade com bordel, batota, valhacouto, homizio e coisas que tais), o termo correto para homossexual seria PEDERASTA, que poderia ser “passivo” se fosse agente, ou “passivo” caso paciente.

    Todavia, pelo brasil a dentro, entre outros apodos – todos depreciativos – usa-se os termos veado, viado, pedaleiro, xibungo, afeminado, efeminado, bicha, taioba, maricas, maricão, cu-de-burro, chupa-pau, menina, tia, tia velha, dador-de-cu, boy, boyzinho, suzana, etc. e o moderno GAY copiado do parco linguajar norte-americano, que é para ter um sentido digamos… mais “chic”. Aliás, CHICK e chiquérrimo também são coisas de veados que por sinal, é sempre macho e mesmo que capado continua macho e capado e não deve ser admitido nos banheiros femininos.

    Mais que isso, antigamente não podia porque era imoral, mas hoje tem muito prefeito e vereador que solta as frangas, outros são enrustidos e boa parte ainda está no armário.

    E não se esqueça: G&A se desvia do seu tema principal (que é continuar sendo G&A) e faz a maior força para também ser cultura.

    Detalhe: O “G” de G&A é GUERRA. Nada a ver com a ala gay da quadrilha PT.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: