Assassino do “Sniper Americano” pega prisão perpétua

American-Sniper-trailer-2

O ex-fuzileiro naval que matou o “Sniper americano” Chris Kyle e seu amigo Chad Littlefield em um campo de tiro em fevereiro de 2013 foi considerado culpado por um júri do Texas em veredito divulgado na noite de terça-feira. Os advogados de Eddie Ray Routh, de 27 anos, haviam montado uma defesa sob alegação de insanidade, argumentando que ele sofria de psicose, mas não adiantou.

Como os promotores não reivindicaram a pena de morte, Routh recebeu uma sentença automática de prisão perpétua sem liberdade condicional pela morte do atirador de elite mais letal da história militar americana, cuja autobiografia virou um sucesso estrondoso nos cinemas pelas mãos do diretor Clint Eastwood.

Até mesmo em respeito ao julgamento então em vigor, o filme que injustamente ganhou apenas o Oscar de Melhor Edição de Som não chega a reconstruir a cena do assassinato no fim, apenas informa por escrito que Kyle foi morto por um veterano que ele tentou ajudar.

De fato, o SEAL da Marinha atendia ao pedido da mãe de Routh de que o levasse ao campo de tiro para ajudá-lo em sua recuperação e é obviamente revoltante que, depois de ter sobrevivido a quatro turnos de uma guerra na qual protagonizou tantos atos heroicos, Kyle tenha sido morto em seu país nessas circunstâncias. Os familiares de Routh dizem que o assassino sofria de transtorno de estresse pós-traumático após servir no Iraque e no Haiti.

Consta que a admirável Taya Kyle, esposa de Chris, deixou o tribunal durante os argumentos finais da defesa por desgosto de ouvi-los e não estava presente na hora do veredito. Mas ela esperava justiça e, felizmente, foi atendida.

Que a sentença lhe seja ao menos um conforto para a dor irreparável da perda do marido.

635543137919976784-Taya-and-Chris-1-

* Revista Veja / Blog Felipe Moura

Anúncios

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 02/25/2015, em EUA, Internacional e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. eadem@ig.com.br

    Os três, assassino e assassinados eram veados e tudo não passou de mais um caso de CIÚME GAY entre norte-americanos baitolas.

    Se fosse no Brasil o Eddie (matador) teria sido absolvido porque sua defesa alegaria que… AFINAL, ELE SÓ MATOU UM ASSASSINO…

    Mas lá a barra é pesada. Matou se ferra e ele estará fora de circulação pelos próximos 125 anos.

    Ou seja: Até o Juízo Final!

    Curtir

  2. luiz anselmo pias perlin

    O HEROI DE UM E O ASACINO COVARDE DE OUTRO ANBOS NO MESMO CORPO.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: