Forças nucleares da Federação Russa iniciam grandes exercícios em 12 regiões

Forças de Misseis da Russia

As Forças de Mísseis Estratégicos da Rússia (RVSN, na sigla russa) iniciaram grandes exercícios militares em 12 regiões do país, informa o Ministério da Defesa da Federação Russa. ”Do grande exercício das RVSN, que abrange 12 regiões da Rússia (do distrito de Tver até ao distrito de Irkutsk) participam mais de 30 regimentos de mísseis. As manobras envolvem tanto a vertente móvel, como a estacionária, das RVSN”, refere o comunicado.

Segundo esclareceu o ministério, as tarefas que as tropas estão treinando incluem a entrada em graus elevados de prontidão de combate, a execução de manobras de evolução ao longo de itinerários de patrulhamento, a luta contra destacamentos de sabotagem e a defesa contra armas de alta precisão do inimigo.

O Ministério da Defesa referiu que, de acordo com o cenário, o inimigo condicional terá “minado” parte dos itinerários de patrulhamento e “utilizado” substâncias químicas tóxicas perto das posições operacionais. Para resolver essas tarefas foram mobilizados unidades de engenharia e de defesa química, biológica e nuclear (DQBN), assim como unidades de luta anti-sabotagem.

“Nas áreas de posicionamento dos grupos de unidades de sistemas móveis de mísseis, para o reconhecimento dos itinerários de patrulhamento e deteção de grupos de sabotagem foram utilizados veículos aéreos não-tripulados e veículos modernos RKhM-4 para DQBN”, acrescentou o Ministério da Defesa.

Além disso, o comunicado esclarece que os grupos que simulavam a atuação do inimigo condicional eram compostos por 50 a 100 militares. Contudo, sublinhou o Ministério da Defesa da Rússia, o inimigo condicional, apesar de sua superioridade numérica sobre os destacamentos de proteção, “não conseguiram impedir a preparação das equipes para a execução da tarefa de treinamento que consistia em lançamento condicional dos mísseis”.

FONTE : Revista operacional

Publicado em 02/12/2015, em Notícias e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. .. Mas será Deus, não esforços humanos, quem cumprirá a profecia bíblica registrada em Isaías 2:4: “Terão de forjar das suas espadas relhas de arado, e das suas lanças, podadeiras. Não levantará espada nação contra nação, nem aprenderão mais a guerra.” Em contraste com isso, hoje, o mundo e seus governantes gastam 1 trilhão de dólares por ano em empreendimentos militares.

    SEM COMENTARIOS…

    Curtir

    • Vaza daqui seu crente desgraçado, a biblia é um livro que começa com cobra falante e termina com dração de sete cabeças, vai se ferra.

      Curtir

  2. A Rússia desenvolveu um míssil naval ante navio hipersônico, que atingir velocidade de mergulho de Mach 4.5. O MOSKIT ou mosquito ou SS-N-22 SUNBURN que tem designado da OTAN pode voar a 3/5 vezes a velocidade do som 1/2 km em poucos metros acima da superfície da água do mar. Vem equipado radar sonar superior e diferente do sistema especial (Tercom), que compara os dados do solo com as imagens em sua memória, para ajustar o trajeto e voar em baixa altitude, escapando dos radares, o sistema russo que esta em grande produção já foi testado e aprovado o sistema que coloca EUA desvantagem em vários seguimentos, localização distancia focalização e mudanças de trajetória, apesar de sua envergadura os primeiros testes foram um fracasso só parti 2014 eles foram um sucesso, o míssil pode ser armado com uma ogiva nuclear equivalente a 250.000 ton (250 kiloton) de TNT, o que o faria ser 7 vezes mais poderoso que a bomba atômica de Hiroshima. Isso é largamente suficiente para devastar qualquer esquadra, por mais que poderosa. Sua carga explosiva convencional pesa 750 libras. Comparados aos da época da Guerra Fria, que eram verdadeiros foguetes intercontinentais, os novos mísseis de cruzeiro ou de longa distância são menores e mais precisos e tem satélites de ultima geração, como base estrutural sistema de guia alternados em asas moveis e 3 olhos eletrônicos 1,220 km alcance trabalha com o novo sistema russo chamado cromo, como funciona teoricamente por se tratar de segredo militar, os principais atributos são, sistema digital aproximado, significa marco da distancia aproximada, se você compreende entenda, corresponde a distancia de alvo próximo al tempo que leva para chegar destinos, tem uma referencia a segundos que se leva para atingir o alvo, o computador desenvolvido pela varias empresas russa, consiste telemetria dinâmica espaço distancia e alvo, como isso pode mudar conforme manobra uma variável corrente de informações foi destinada ao conceito progressivo, significa que esta geração de míssil e renovador e coloca em cheque armada da OTAN diante do emprego para futuras frotas russas. A pesar mísseis americanos Tomahawk tem míssil como o americano Tomahawk contam com um software que analisa o relevo do solo enquanto o sobrevoa, o que permite voar em baixa altitude (driblando o radar inimigo) e atingir o alvo com grande precisão, os russos são agora pela primeira vez equivalentes além de outros misses já sitiados por mim, S300-S400 e S500 que contam software micro computares rastreadores em complexo sistema fechado de identificação.

    Curtir

  3. eadem@ig.com.br

    Os europeus passaram os últimos 3 mil anos lutando lá entre eles e sentem cheiro de guerra à distância, sabendo quando o próximo conflito está para acontecer e quais as medidas mais adequadas para tentar evitá-lo.

    Já os norte-americanos não têm a mesma percepção e imaginam que basta ter enormes forças armadas apoiadas por um bom sistema logístico e que isso lhes assegura uma vitória e só por causa dessa visão simplista perderam todas as guerras em que se meteram desde 1917.

    Sim, porque na Grande Guerra (1914-1918) eles apenas foram coadjuvantes. Na WWII (1939-1945) eles só lutaram contra o Japão, pois a Alemanha foi vencida pela URSS e pelo Império Britânico. As demais guerras como as da Coréia, Vietnã, Iraque, Afeganistão e até mesmo aventuras como a da Baía dos Porcos, em Cuba, foram fiascos monumentais e só mostraram ao mundo que americano só bate em “boi morto”.

    Pior ainda são os diplomatas norte-americanos, que além de burros são radicais e em geral pioram as negociações, agravando a situação dos que estão nas linhas-de-frente.

    Por sorte nesses acordos os entre europeus os EUA não enviaram representantes, senão a guerra teria sido declarada por um lado ou pelo outro e não teria havido acordo nenhum.

    Vamos ver se os EUA se mantém afastados dos negócios europeus e principalmente das fronteiras da Rússia.

    Senão, Washington pode ter que amargar um indesejável holocausto nuclear e não haverá nada capaz de salvar os arrogantes norte-americanos, que além de burros, são os piores soldados do mundo.

    Apesar de bem armados e abastecidos… é claro!

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: