Israel diz ter quebrado primeira célula local do Estado Islâmico

Israel disse neste domingo (18) que rachou a primeira célula do Estado Islâmico (EI) em seu território, composta por sete cidadãos árabes que serão processados sob a acusação de planejar ataques no estado judaico e de se comunicarem com o grupo insurgente na Síria.

Os réus, incluindo um advogado que estava representando a si mesmo no tribunal, negaram as acusações de pertencer a um grupo ilegal, auxiliando o terrorismo e entrando em contato com agentes estrangeiros, disse um porta-voz do Ministério da Justiça depois de uma ordem de silêncio sobre o caso ter sido abrandada.

Embora membros da minoria árabe de Israel raramente recorram à violência armada, muitos se irritam com a autoridade estatal e as autoridades de segurança se preocupam com doutrinas islâmicas que têm criado raízes.

Dezenas de árabes israelenses e palestinos têm viajado à Síria e ao Iraque para se juntar a grupos insurgentes. A agência de inteligência doméstica de Israel, a Shin Bet, disse que rachou em 4 de janeiro uma célula na Cisjordânia ocupada ligada ao Estado Islâmico.

Os sete árabes israelenses suspeitos, com idades entre 22 a 40 anos e todos da região norte da Galiléia, foram presos em novembro e dezembro e disseram aos investigadores que realizaram estudos islâmicos radicais e preparado armas e financiamento de ataques, disse a Shin Bet em comunicado.

A agência disse que um dos réus tinha tentado deixar Israel em julho, a fim de partir para a Síria, mas havia sido detido pelas autoridades no aeroporto de Tel Aviv, Ben Gurion.

Militantes do Estado Islâmico apreenderam grandes faixas de território sírio e iraquiano e recursos econômicos no ano passado, proclamando um califado e impondo a sua própria interpretação radical do Islã.

FONTE: G1

Publicado em 01/18/2015, em Notícias e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Quem leu OS SÁBIOS DE SIÃO vai entender o que uma noticia tendenciosa e “implantada” com uma dose de maldade para cativar as mentes “infantis do povo”. Não da para acreditar nessa noticia.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Os israelenses são paranóicos em matéria de segurança e realmente cometem excessos, mas impedir quem quer que seja de sair desse maldito país é puro ato ditatorial. E ainda tem imbeciol chamando àquela merda de “terra santa”…

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: