Barack Obama: “O nosso país não irá mais utilizar forças terrestres fora dos Estados Unidos”

Barack Obama anunciou o fim da época de operações militares dos EUA em grande escala. Falando diante de milhares de soldados que regressaram do Afeganistão, ele disse o seguinte: “O nosso país não irá mais utilizar forças terrestres fora dos Estados Unidos”.

À primeira vista, esta declaração parece ser sensacional e finalizar a prática dos EUA de defender seus interesses pela força das armas. Mas não é segredo que os Estados Unidos não alcançaram nenhum dos objetivos declarados durante invasões de outros países. As centenas de bilhões de dólares gastos em realizá-las acabaram por não render.

Além disso, Washington, com suas próprias mãos – para derrubar regimes indesejáveis ou para o confronto tradicional com Moscou – tem, de fato, criado movimentos radicais que agora se tornaram uma dor de cabeça para regiões inteiras.

Muitos peritos acreditam que é impossível lidar com os radicais do Oriente Médio, preocupados com a construção de um califado mundial, sem uma operação terrestre. Mas uma operação terrestre significa grandes quantias e muito sangue, o que Washington não quer mais repetir: para isso podem muito bem ser usados seus aliados que devem provar periodicamente sua lealdade.

No caso da Rússia e da crise ucraniana a Europa já provou essa lealdade em seu próprio detrimento. Agora, também no Oriente Médio os satélites americanos, ao que parece, terão que ser mais ativos enquanto Barack Obama desempenhará pela derradeira vez o papel de pacificador.

Fonte: Voz da Rússia

Publicado em 12/30/2014, em Notícias e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. eadem@ig.com.br

    Com a economia em franco estado pré-falimentar, sem nenhuma credibilidade política ou creditícia internacional e com mais norte-americanos mortos durante a “paz” experimentada após 1945 do que nas duas guerras mundiais, os EUA não têm mais condições de enviar seus caríssimos mas sempre fracassados guerreiros terrestres (perderam e foram escorraçados em todos os combates nos quais se meteram desde a Guerra da Coréia).

    Dono da maior esquadra de combate do mundo, finalmente os judeus do Pentágono e o próprio Obama Orelha de Abano descobriram que ainda poderão exercer a costumeira pirataria das pressões militares por mais uns 30 ou 40 anos ao redor do mundo sem mandarem seus “marines” agredirem pacíficas terras estrangeiras.

    Os EUA de hoje não são mais “aqueles” todo-poderosos que o cinema cansou de mostrar e vai aproveitar as poucas décadas que lhe restam para escorar a própria casa que está caindo em cima lá deles. Quando cair, acabou!

    Mas quando cairá? Ninguém sabe ao certo, mas podemos prever COMO CAIRÁ.

    E cairá quando os negros antes escravos cismarem de expulsar os minguantes brancos para o Canadá. Mas os brancos resistirão e os negros vencerão enfraquecidos e para quê? Apenas para terem que se medir mais adiante contra os “cucarachos” latinos que, quando se sentirem fortes o suficiente vão querer retomar tudo o que o judaico Tio Sam roubou dos espanhóis.

    Mas isto é estória pra ser vivida e contada por quem puder viver os próximos 50 ou 60 anos, sem contar que tem muita gente por aí que não gosta dos arrogantes norte-americanos e seus amigos inglêses, franceses e é claro, judeus!

    E por isso não citei russos, chineses, indianos, muçulmanos, coreanos, africanos e mesmo ATÉ CUBANOS.

    Feliz Ano Novo de 2015 para 90% dos habitantes deste planeta.

    Menos, é claro, para os 10% restantes representados pelo EIXO SATÂNICO formado por EUA, Inglaterra, França e Israel, além de alguns aliados, já gozaram toda a “boa vida” que sempre tiveram às custas do restante da humanidade.

    A estes, que os diabos os levem e que a humanidade em peso diga… “AMÉM!”

    Curtir

  2. ISSO É MAIS MEDO DE PERDER ,DO QUE ECONOMIA ,VISTO QUE DEPOIS DA 2ª GUERRA OS E.U.A ,NÃO GANHARAM UMA BATALHA SE QUER ,CUBA ,VIETÃN ,COREIAS ,MOGADISCIO (SOMALIA)AFEGANISTÃO IRAQUE,ETC ETC TODAS SÓ PASSARAM VERGONHA !

    Curtir

  3. Marcelodellapoor

    Haverá mudanças radicais, pois o império EUA esta pelo um fio, ainda como eu disse a dois chifres para se erguer, e já se erguerão gogue e magogue de Ezequiel, mudanças climáticas e terremotos afetaram drasticamente economia EUA se arraste para queda de produção petróleo e gás combinado com um ano passado 2014 na mesma área geral, a totaliza ficou 25 pés cúbicos (Tcf) de gás petróleo natural. Para colocar isto em perspectiva, EUA carece da produção gás natural tamanho dos campos de gás natural no Mar do Norte. Além disso, o total de reservas comprovadas de gás natural dos Estados Unidos é menos de dez vezes o valor esta em 35%, fazendo com que a descoberta igual a mais de 10% negativo das reservas de gás natural dos EUA. Além disso, alguns especialistas em energia acredita que poderia haver mais de 4 bilhões de barris de petróleo abaixo dos depósitos de gás natural da Rússia. Desde que os EUA só têm um pouco mais de 19 bilhões de barris de reservas totais de petróleo bruto, a descoberta coloca Rússia 65% das reservas totais de petróleo do mundo e fornecera a Turquia e china 25% do fornecimento, essas mudanças vem do valor financeiro para abastecimento das frotas militares etc., não a um escape por isso o desespero EUA na Líbia Iraque pelo estado islâmico que e financiado pelos China Índia para desequilibrar suas balanças, agora EUA foi obrigado encostar três porta-aviões USS Nimitz, já e anunciado retirada de tropas e só manterão força aérea, isso e explicado pelo custo muito alto e falta de petróleo, Europa esta na mesma situação e o dinheiro perdera seu valor quando não a o que extrair só a reservas por isso da quí. 2 ou 3 anos OTAN estará dividida e pobre se não mudar sua politica com a Rússia, por isso EUA quer reatar relações com Cuba que tem reservas de petróleo na bacia em abundancia, e só observar o desespero da politica atual dos EUA. “Gogue, da terra de Magogue”, segundo os historiadores, corresponde aos russos, a um povo de origem bárbara. Ainda mais, Ezequiel 39:2 diz que Gogue e Magogue são do Norte. Ao olharmos o mapa múndi, verificamos que Moscou está diretamente ao norte de Jerusalém. Portanto, Gogue e Magogue corresponde à Rússia.

    Curtir

  4. Agora a Russia vai tomar de vez a região do Donbass, que já deveria ter feito, já que a Ucrania só quer saber de bombardear o local e matar civis.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: