Curdos controlam mais de 60% da cidade síria de Kobane

Fumaça é vista na cidade de Kobane durante combates neste domingo (23) (Foto: Osman Orsal/Reuters)

Os combatentes curdos assumiram o controle de ‘mais de 60%’ da cidade de Kobane, pela qual luta o grupo Estado Islâmico (EI) há mais de três meses, informaram neste sábado (27) uma ONG e militantes locais.

A cidade curda do norte da Síria, na fronteira com a Turquia, se converteu no símbolo da luta contra o Estado Islâmico, que chegou a controlar mais da metade de Kobane após a ofensiva lançada em 16 de setembro.

Apoiadas por ataques aéreos da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, ‘as forças curdas controlam agora mais de 60% da cidade’, disse à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

‘O EI se retirou, inclusive, das zonas fora do controle curdo por medo das minas’, informou Rahman.

Um militante curdo de Kobane, Mustafah Ebdi, informou à AFP que Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG, milícia que defende Kobane) ‘avançaram em toda a linha de frente em direção ao leste na última semana’.

Os extremistas se retiraram da zona do quartel-general das YPG, no norte da cidade, e dos bairros do sul e do centro de Kobane, segundo o OSDH.

Há dois dias, a milícia curda chegou ao prédio da prefeitura, que está completamente destruído pelos combates, explicou Edbi.

‘O avanço dos curdos foi possível – em grande parte – pelas incursões aéreas da coalizão’, destacou o militante. ‘Os jihadistas estão cavando túneis após o fracasso de sua tática com carros-bomba e ataques suicidas’.

A coalizão liderada pelos Estados Unidos atingiu o Estado Islâmico com 39 ataques aéreos entre quinta e sexta-feira, incluindo contra várias posições em Kobane, segundo o Pentágono.

As incursões aéreas em Kobane, conhecida como Ain al-Arab em árabe, destruíram 17 posições de combate do grupo islâmico, assim como prédios, armazéns e veículos.

FONTE: G1

Publicado em 12/27/2014, em Notícias e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. eadem@ig.com.br

    Pra quem não sabe, os curdos são um povo pobre, desorganizado, de etnia incerta, semi-escravizado e cuja pátria-mãe está encravada entre os territórios das atuais Turquia, Síria, Iraque, Irã e mesmo da Armênia. Até pouco tempo atrás não tinham forças armadas e apanhavam de todo mundo. Mas como agora Israel e a CIA criaram o artificial bando de guerrilheiros apelidado de ISIS para desestabilizar o Orientre-Médio, bastou armarem os desocupados curdos e eles começam a levar vantagem sobre os terroristas islâmicos pagos por Washington e Tel-Aviv. E isto é péssimo para os EUA, Israel, Inglaterra, França e Bélgica que criaram o ISIS justamente para vencer naquela região e motivar seus ricos vizinhos árabes a comprarem mais armas para vencerem o ISIS e fortalecer as arrombadas economias desses países ocidentais. E por que é ruim? Ora, se o ISIS for vencido pelos modestos curdos, quem comprará armas para defender-se deles e mesmo, as forças armadas da OTAN, que motivos terão para continuarem a guerra aérea que a coalizão ocidental vem movimentando contra esses bandoleiros dos desertos?

    Curtir

  2. Guerra&Armas vai gostar disso:

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: