FAB realiza primeira missão com C-97 Brasília cargueiro

i14121715364752378O avião decolou do Galeão com destino ao Centro de Lançamento de Alcântara.

Usualmente utilizado para o transporte de passageiros, o avião C-97 Brasília do Esquadrão Pioneiro (3ª ETA), sediado na Base Aérea do Galeão (BAGL), no Rio de Janeiro, foi reconfigurado como cargueiro. A primeira missão de uma aeronave da frota de C-97 da FAB nesta configuração foi realizada na quarta-feira (17/12).

O avião decolou do Galeão com destino ao Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, com escalas em Salvador e Recife.

i141217153656142537

Ao transportar cargas, a capacidade da aeronave é de até 3.500 quilos. O Brasília é homologado para missões na configuração cargueiro Single Cargo Net, com a capacidade de até 3.500kg, ou na versão Combi (Combinada), que comporta até 19 passageiros e 1.500kg de carga

Após realização de cursos sobre limites, peso e balanceamento da aeronave, além de capacitação dos tripulantes (pilotos, mecânicos e loadmasters – mestre de carga), o 3º ETA foi o pioneiro na FAB para operação do C-97 Brasilia nesta configuração, aumentando sua capacidade no cumprimento das missões aerologísticas da Força Aérea Brasileira.

FONTE/IMAGENS: 3º ETA Via Cavok

Anúncios

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 12/21/2014, em Armas Brasileiras, Brasil, Força Aérea e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Não vai demorar muito e esse avião estara a Serviço de Transporte de Marginais; tipo Fernandinho Beira Mar e Marcola.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Esse avião não é mais que um “Bandeirantes” aperfeiçoado. Sinceramente, eu esperava um pouco mais da Embraer no sentido de não apenas melhorar o “recheio” da aeronave mas principalmente, seu desempenho, mormente o militar. Na verdade não passa de um avião “camaleão”, quie poderá ser transformado em muita coisa (reconhecimento e salvamento marítimos, torpedeiro, ataque à superfície, caça a submarinos, vigilância aérea, etc… mas parece que o raio-de-ação do C-97 é menor do que seu antigo congênere (e rival) argentino, o “Pucará”, que apesar de já ser um “avião idoso” ainda supera qualquer coisa que o Brasil possa ter de similar em nossas forças armadas. Eu não compraria esse avião.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: