Tropas russas vão em direção à fronteira com a Ucrânia, diz Otan

Membros de guarda de honra dos separatistas pró-Rússia esperam pela chegada do líder dos separatistas na Ucrânia,  Alexander Zakharchenko, eleito 'presdiente' da autoproclamada República Popular de Donetsk (Foto: REUTERS/Maxim Zmeyev )

Tropas russas estão se deslocando para perto da fronteira do país com a Ucrânia, e Moscou continua treinando rebeldes no leste do país vizinho, os apoiando com equipamentos, afirmou o secretário-geral da Otan nesta terça-feira (4).

“Nós vemos tropas russas se movendo par aperto da fronteira com a Ucrânia”, disse Jens Stoltenberg, o líder da aliança, em uma coletiva de imprensa ao lado da chefe de políticas exteriores da União Europeia, Federica Mogherini.

“A Rússia continua a apoiar os separatistas oferecendo treinamento eles, ao fornecer equipamentos e apoio e também ao manter forças especiais na Rússia dentro de territórios do leste da Ucrânia”, disse.

Neste sentido, o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, afirmou nesta terça que ele pediu a seus chefes militares que enviem nova unidades militares para proteger cidades no leste e sudeste de possíveis ataques pelos separatistas pró-Rússia, de acordo com a agência de notícias Interfax.

O presidente ucraniano Petro Poroshenko preside na tarde desta terça uma reunião do conselho de segurança nacional e de defesa para rever os compromissos de Kiev em relação ao plano de paz que busca apaziguar o conflito armado que já fez mais de 4.000 mortos desde seu início em abril.

“Diversos grupos e unidades (militares) novos foram formados e permitirão imediatamente uma possível nova ofensiva em Mariupol, Berdyansk, Kharkiv e no norte de Lugansk”, disse Poroshenko em uma reunião de segurança nacional e do conselho de defesa.

Kiev deve decidir nesta terça medidas em resposta às eleições separatistas no leste rebelde pró-russo, onde o “presidente” eleito e reconhecido unicamente por Moscou tomou posse.

Poroshenko garantiu na abertura da reunião “que a Ucrânia permanece firmemente comprometida ao plano de paz”, mas que deseja fazer “correções” a seus compromissos.

Denunciado pelos ocidentais, a eleição organizada pelos separatistas no último domingo constitui “uma violação grosseira ao protocolo de Minsk de 5 de setembro”, concluído entre a Ucrânia e os rebeldes, com a participação da Rússia e da OSCE, declarou Poroshenko em um discurso à Nação nesta segunda-feira.

FONTE: G1

Anúncios

Publicado em 11/04/2014, em Notícias e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. eadem@ig.com.br

    Se o corrupto presidente Poroshenko e os apáticos ucranianos foram incapazes de evitar que os revoltosos fundassem a República do Donetz e até realizassem eleições por lá; principalmente agora que a Rússia já reconheceu o novo país teoricamente “independente”; nada pode impedir que os russos ofereçam “proteção” ao vizinho e obviamente enviem tropas para lá; supostamente para “treinar e dar suporte técnico” ao novo exército do nascente país do delta do Volga.

    É louvável que a Ucrânia esperneie, a OTAN também, os EUA ídem, mas nenhum deles (nem mesmo os três juntos), arriscarão ir a uma guerra mundial por causa da decrépita ex-Ucrânia do leste e atual República do Donetz.

    Na verdade, as sanções impostas por meia-dúzia de idiotas à Rússia poderá até azedar a boa vontade de Putin em continuar fornecendo gás à Europa.

    Ainda mais que a Ucrânia não salda sua dívida bilionária com Moscou e muito menos os europeus (nem os norte-americanos) emprestam o dinheiro necessário não só para pagar a dívida ucraniana com os russos, mas é que o inverno está chegando e milhões de europeus dependem do maldito gás russo pra não virarem picolés congelados.

    E que os norte-americanos não terão cacife, peito e muito menos grana pra segurarem as pontas…

    Pelo menos é mais ou menos isso que os russos e os dontezianos acreditam…

    … mas vai que Obama esquece a carroça que puxa e cisma de ser herói, ou entrar pra história antes do tempo e se lembra de brincar com armas…

    Aí já viram, né? Ciao!

    Curtir

  2. Jonatan souza

    Esta otan e os EUA são muito mas muito hipócritas mesmo reclamam e esbravejam pela Russia reconhecer e apoiar os novorussos mas se esquecem do apoio que dão os inúmeros clãs rebeldes em todo o oriente médio a isis/isil estão ai pra provar.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: