China pretende estreitar laços militares com Irã, diz mídia chinesa

PLA Navy

A China quer ter laços militares mais estreitos com o Irã, disse o ministro da Defesa chinês ao comandante da Marinha iraniana, que estava de visita a Pequim, segundo informou a mídia estatal nesta quinta-feira, reafirmando assim as relações bilaterais apesar da controvérsia sobre os planos nucleares do Irã.

O ministro da Defesa chinês, Chang Wanquan, disse ao chefe da Marinha iraniana, contra-almirante Habibollah Sayyari, que as duas forças armadas têm mantido “uma boa cooperação em visitas mútuas, treinamento de pessoal e outros campos nos últimos anos”, de acordo com a agência de notícias oficial da China, a Xinhua.

“O intercâmbio entre as duas Marinhas tem sido frutífero e seus navios de guerra fizeram visitas bem-sucedidas um ao outro”, declarou Chang, segundo a agência.
“Chang enfatizou que a China está disposta a trabalhar com o Irã para aprofundar a cooperação pragmática e reforçar os laços entre os militares.”

De acordo com a Xinhua, Sayyari disse que o Irã atribui grande importância às suas relações com a China e está “pronto para reforçar os intercâmbios bilaterais para fazer avançar a cooperação entre as duas forças armadas, especialmente a cooperação naval”.

Pela primeira vez na história, dois navios de guerra chineses atracaram no porto de Bandar Abbas, do Irã, para participar de exercícios navais conjuntos no Golfo Pérsico, informou a mídia estatal iraniana em 20 de setembro.

A cooperação naval entre o Irã e a China é destinado a reforçar a capacidade militar do Irã no Golfo Pérsico, dizem os analistas, bem como exibir o plano da China de exercer maior influência e presença para além da Ásia. (Reportagem adicional de Parisa Hafezi em Ancara, Reportagem de Ben Blanchard)

FONTE: Yahoo Brasil

Publicado em 10/23/2014, em Notícias e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Livro do Profeta Daniel 8: 20 “O carneiro que viste, tendo dois chifres, [representa] os reis da Média e da Pérsia. 21 E o bode peludo [representa] o rei da Grécia; e quanto ao chifre grande que havia entre os seus olhos, este [representa] o primeiro rei. 22 E que este foi quebrado, de modo que por fim se ergueram quatro em seu lugar, haverá quatro reinos que se erguerão de [sua] nação, mas não com o seu poder.

    8 No terceiro ano do reinado de Belsazar, o rei, apareceu-me uma visão, a mim, Daniel, depois daquela que me apareceu no início. 2 E comecei a ver na visão; e sucedeu, enquanto eu estava vendo, que eu estava em Susã, o castelo, que está no distrito jurisdicional de Elão; e passei a ver na visão, e eu mesmo vim a estar junto ao curso de água do Ulai. 3 Quando levantei os olhos então vi, e eis um carneiro de pé diante do curso de água, e ele tinha dois chifres. Essa parte ja é do conhecimento da Historia Profana, ja aconteceu.

    (AS TORRES GÊMEAS EM NY.EM FRENTE BAIA DO RIO HUDSON) E os dois chifres eram altos, porém, um era mais alto do que o outro,

    ( APESAR DELAS SEREM IGUAIS, UMA TINHA A TORRE DE TV NO TOPO)
    e o mais alto é que subira depois. 4 Vi o carneiro dar marradas para o oeste, e para o norte, e para o sul, e nenhum dos animais selváticos se manteve de pé diante dele, e não havia quem livrasse da sua mão. E ele fez segundo o seu bel-prazer e assumiu ares de grandeza.

    (BIM LADIM EM 2001)
    5 E eu, da minha parte, estava ponderando, e eis que vinha um bode dos caprídeos desde o poente sobre a superfície de toda a terra, e ele não tocava na terra.

    (NÃO TOCAVA NA TERRA; VEIO DE AVIÃO) E quanto ao bode, havia entre os seus olhos um chifre proeminente. 6 E ele foi chegando ao carneiro dos dois chifres, que eu vira estar de pé diante do curso de água; e vinha correndo em direção a ele em seu poderoso furor.
    7 E eu o vi atingir o carneiro, e começou a mostrar amargura para com ele, e passou a golpear o carneiro e a quebrar-lhe os dois chifres,

    (DERRUBOU AS DUAS TORRES) e mostrou-se não haver poder no carneiro para se manter de pé diante dele. De modo que o lançou por terra e o pisoteou, e o carneiro não mostrou ter alguém que o livrasse da sua mão.
    8 E o bode dos caprídeos, da sua parte, assumiu ares de grandeza, em extremo; mas, assim que se tornou forte, foi quebrado o grande chifre, e passaram a subir de modo proeminente quatro em lugar dele,

    (PODERÁ SER, RUSSIA 1 CHINA 2 COREIA DO 3 NORTE E IRÃ 4) em direção aos quatro ventos dos céus.
    9 E de um deles saiu outro chifre, um pequeno, e este se tornava muito maior para o sul, e para o nascente, e para o Ornato. 10 E tornava-se cada vez maior até [atingir] o exército dos céus, de modo que fez alguns do exército e algumas das estrelas

    (SATÉLITES DOS PAÍSES DEMOCRÁTICOS))cair para a terra, e foi pisoteá-los. 11 E assumiu ares de grandeza para com o Príncipe do exército, e foi-lhe tirado o [sacrifício] contínuo e foi deitado abaixo o lugar estabelecido do seu santuário.

    ( ELIMINAÇÃO DAS RELIGIÕES) 12 E aos poucos foi entregue o próprio exército, junto com o [sacrifício] contínuo, por causa da transgressão; e ele continuou a lançar a verdade por terra, e agiu e foi bem sucedido.

    NOTA : Quem estiver vivo verá, e não vai demorar muito. SÃO MARCOS 13: 30 Deveras, eu vos digo que esta geração de modo algum passará até que todas estas coisas aconteçam. 31 Céu e terra passarão, mas as minhas palavras não passarão.

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    O Irã é um país médio, tem uma economia estável, suas forças armadas estão entre as melhor aparelhadas do mundo, mas internamente sofre por questões políticas e religiosas, o que não o torna uma aliança muito confiável numa guerra.

    O Irã tem bom potencial, mas é mais ou menos como a covarde e incerta Itália da Segunda Guerra Mundial que dada sua fraqueza moral tornou-se numa incômoda e prejudicial “pedra no sapato” do Eixo do que uma aliada de fato e foi a primeira a capitular, deixando a aliança em maus lençóis.

    A China está em excelente situação econômica-financeira e militar, mas também sofre com dissenções internas que lutam contra seu fechado regime que teima em manter-se “comunista hereditário”.

    A China deveria ser uma “líder natural” do próprio expansionismo na Ásia, mas não é porque existe o Japão sempre com as mesmas intenções que ela. E se o Japão cismar de complicar… ou implicar, será com a China.

    O que resta? A decrépita Coréia do Norte e o esfolado Vietnã? Que autonomia além fronteiras têm os dois? E no que poderiam ajudar se estourasse uma guerra e as coisas complicassem? Esperar que a China sozinha resolvesse a parada?

    Vai daí, dá pra notar-se que na Ásia, China e Irã poderão até ser bons aliados (embora eu mantenha dúvidas), mas a situação só estaria garantida nesse continente se a Índia aderisse e atuasse firmemente ao lado dos chineses & cia.

    Quanto à Rússia, ela estaria muito ocupada com a OTAN e nem vale à pena cogitar-se sobre a utilidade dela e da magérrima Síria, sua única aliada real contra o ocidente.

    Curtir

  3. ISSO SIM VALE A PENA GASTAR TEMPO DE LER.

    IVES GANDRA DA SILVA MARTINS, 79, advogado, é professor emérito da
    Universidade Mackenzie, da Escola de Comando e Estado-Maior do
    Exército e da Escola Superior de Guerra

    Em 16 de março de 2011, publiquei nesta Folha um artigo em que apoiava
    a presidente Dilma e seu vice, Michel Temer –meu confrade em duas
    Academias e companheiro de conferências universitárias–, pelas ideias
    apresentadas para o combate à corrupção e a promoção do
    desenvolvimento nacional.

    Como mero cidadão, não ligado a qualquer partido ou governo, tenho,
    quase quatro anos depois, o direito de expressar minha irritação com o
    fracasso de seu governo e com as afirmações não verdadeiras de que o
    Brasil economicamente é uma maravilha e que seu governo é o paladino
    da luta contra a corrupção.

    Começo pela corrupção. Não é verdade que, graças a ela, os oito anos
    de assalto à maior empresa do Brasil, estão sendo rigorosamente
    investigados. Se quisesse mesmo fazê-lo, teria apoiado a CPI para
    apurar os fantásticos desvios, no Congresso Nacional.

    A investigação se deve à independência e à qualidade da Polícia e do
    Ministério Público federais que agem com autonomia e não prestam vênia
    aos detentores do poder. Nem é verdade que demitiu o principal diretor
    envolvido. Este, ao pedir demissão, recebeu alcandorados elogios pelos
    serviços prestados!

    Por outro lado, não é verdade que a economia vai bem. Vai muito mal.
    Os recordes sucessivos de baixo crescimento, culminando, em 2014, com
    um PIB previsto em 0,3% pelo FMI, demonstram que seu ministro da
    Fazenda especializou-se em nunca acertar prognósticos.

    Acrescente-se que também não é verdade que controla a inflação, pois,
    se o PIB baixo decorresse de austeridade fiscal, estaria ela sob
    controle. O teto das metas, arranhado permanentemente, demonstra que a
    presidente gerou um baixo PIB e alta inflação.

    Adotando a pior das formas de seu controle, que é o congelamento de
    tarifas, afetou a Petrobras e a Eletrobras, fragilizando o setor
    energético, além de destruir a indústria de etanol, sem perceber que
    desde Hamurabi (em torno de 1700 a .C.) e Diocleciano (301 d.C.) o
    controle de preços, que fere as leis da economia de mercado,
    fracassou, como se vê nas economias argentina e venezuelana, que estão
    em frangalhos.

    O mais curioso é que o Plano Real, que tanto foi combatido por Lula e
    pelo PT, é o que ainda dá alguma sustentação à Presidência.

    Em matéria de comércio internacional, os governos anteriores aos
    atuais conseguiram expressivos saldos na balança comercial, que foram
    eliminados pela presidente Dilma. Apenas com artimanhas de falsas
    exportações é que conseguiu obter inexpressivos saldos. O “superavit
    primário” nem vale a pena falar, pois os truques contábeis são tantos,
    que, se qualquer empresa privada os fizesse, teria autos de infração
    elevadíssimos.

    Seu principal eleitor (o programa Bolsa Família) consome apenas 3% da
    receita tributária. Os 97% restantes são desperdiçados entre 22 mil
    cargos comissionados, 39 ministérios, obras superfaturadas, na visão
    do Tribunal de Contas da União, e incompletas.

    Tenho, pois, como cidadão que elogiou Sua Senhoria, no início – para
    mim Sua Excelência é o cidadão, a quem a presidente deve servir –, o
    direito de, no fim de seu governo, mostrar a minha profunda decepção
    com o desastre econômico que gerou e que me preocupa ainda mais, por
    culpar os que criam riqueza e empregos em discurso que pretende, no
    estilo marxista, promover o conflito entre ricos e pobres.

    Gostaria, neste artigo –ao lembrar as palavras de apoio daquele que
    escrevi neste mesmo jornal quase quatro anos atrás–, dizer que,
    infelizmente, o fracasso de seu projeto reduziu o país a um mero
    exportador de produtos primários, tornando este governo um desastre

    Curtir

  4. BEM FEITO PARA A REDE GLOBO…QUANDO LHE INTERESSAVA ERA O ‘lulu’ DO GOVERNO PETES TRALHA.

    Lula foi além, ontem à noite, do limite da irresponsabilidade.

    Em comício ao lado de Dilma em Itaquera, distrito da Zona Leste da capital paulista, ele falou mal da imprensa – até aí nada demais. É direito dele. E nada tem de original.

    Mas a certa altura do seu discurso, ele citou os nomes dos jornalistas Miriam Leitão, do jornal O Globo, e de William Bonner, apresentador do Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão.

    – Daqui para frente é a Miriam Leitão falando mal da Dilma na televisão, e a gente falando bem dela (Dilma) na periferia. É o (William) Bonner falando mal dela no “Jornal Nacional”, e a gente falando bem dela em casa. Agora somos nós contra eles – ameaçou Lula.

    As cerca de cinco mil pessoas reunidas para escutá-lo foram ao delírio. Mais tarde, no teatro da Universidade Pontifícia de São Paulo, no bairro de Perdizes, Lula voltou a criticar a imprensa. E a citar Míriam Leitão e a Rede Globo.

    Não dá para afirmar que ele tenha bebido antes de discursar. Aparentava estar sóbrio. Dilma e líderes do PT que testemunharam os discursos de Lula sorriram com o que ele disse. Certamente não pensaram numa coisa – e se pensaram não deram importância.

    A saber: Lula expôs dois jornalistas à ira dos seus seguidores fanáticos.

    Com Lula, nada é por acaso. O objetivo é um só: constranger o mediador do debate, colocando o eleitorado do PT contra ele. Se Dilma for interrompida porque estourou o tempo, a culpa será de Willian Bonner. Se Dilma tiver um desempenho pífio, as suas deficiências serão creditadas a um golpe da Globo e do apresentador, que a deixaram nervosa e pressionada. A partir de ontem, Bonner está desafiado a provar, sendo mais duro com Aécio, que não está contra Dilma. Pelo menos este é o objetivo de Lula, com o seu ataque ao jornalista.

    Por trás disso tudo, que não é um episódio, é uma campanha, está a meta de Lula de implantar o controle social da mídia, a exemplo dos países que fazem parte do Foro de São Paulo. Destruída a oposição, por uma máquina de assassinar reputações, o último passo será calar a Imprensa. Ontem Lula deu nome aos bois. Em várias oportunidades, nos últimos meses, ao conceder longas entrevistas aos blogs patrocinados pelo governo, de onde são propagadas as piores calúnias contra Aécio Neves, já havia feito referências semelhantes.

    Lula deixa muito claro onde quer chegar. Infelizmente, se Dilma vencer estas eleições, alcançará seu intento. As redações são majoritariamente bolivarianas e apoiarão. Os colunistas que ainda opinam contra o governo, estes serão dizimados. As empresas de comunicação serão perseguidas e varridas do mapa. A Venezuela e a Argentina moram ao lado. Só não enxerga quem não quer.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: