Estados Unidos venderá à Arábia Saudita mais de 4.500 veículos MRAP

4047632970_5f6ca51a84_o

A Agência de Cooperação em Defesa e Segurança da América (DSCA) anunciou a aprovação do Departamento de Estado para vender, nada menos do que 4.569 veículos blindados resistentes a minas e de emboscada (MRAPs)  iguais os utilizados por tropas americanas no Iraque e no Afeganistão.

Esta venda chegaria a U$S 2.500 milhões e consiste principalmente de veículos família Navistar MaxxPro (3.360 unidades em diferentes versões), além de 1.150 veículos Caiman da BAE Systems e 44 modernas MRAP All-Terrain Vehicles (M-ATVs). Os veículos serão entregues sem a blindagem adicional, mas convenientemente reparado e atualizado incluindo também treinamento, peças e apoio logístico.

international_maxxpro

Este anúncio é o resultado do pedido feito pelos Emirados Árabes Unidos (EAU) a partir de um grande número de veículos blindados do tipo MRAP com que irá melhorar a sua capacidade de proteção de sua força militar e para a proteção das fronteiras. A venda será feita pelo Credito de vendas militares (FMS), que já foi comunicado ao Congresso. Uma vez que o excedente militar, têm impacto limitado sobre os fabricantes de blindados (Navistar, BAE Systems e Oshkosh Defesa).

A lista completa de veículos para entregar seria esta:

• 1.085 veículos MaxxPro de Longa Distância entre eixos (LWB) na configuração do chassi;
• 29 veículos MaxxPro LWB ;
• 264 véiculos MaxxPro Base / MRAP  Expedient Armor Program (MEAP com blindagem lateral reforçado) ;
• 729 veículos MaxxPro na configuração básica ;
• 283 veículos MaxxPro MEAP sem blindagem;
• 970 veículos MaxxPro Plus (blindado reforçado contra IEDs) ;
• 1150 veículos Caiman Multi-Terrain Vehicles ;
• 44 veículos MRAP All-Terrain Vehicles (M-ATV) ;
• 15 veículos de recuperação MRAP ;

original

FONTE:revista operacional

Publicado em 10/01/2014, em Notícias e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Este anúncio é o resultado do pedido feito pelos Emirados Árabes Unidos (EAU) a partir de um grande número de veículos blindados do tipo MRAP com que irá melhorar a sua capacidade de proteção de sua força militar e para a proteção das fronteiras. (CITAÇÃO DA MATÉRIA) kkkkkkkkkk

    Alguem viu esse pedido? Tem copia do pedido? Tem gravação do pedido? Fotografaram o pedido? Tem testemunhas desse pedido???

    Não para as perguntas!!!! Então é mais uma mentira. O negocio é garantir o Petroleo nosso de cada dia. kkkkkkkkkkkk

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Isto será ótimo para a esculhambada economia norte-americana, pois os EUA venderão uma pá de veículos militares sucateados a preços de novos aos árabes que não necessitam deles, mas os querem para tirarem onda de “poderosos” no tumultuado Oriente Médio. Aliás eu já anunciara isso aqui, quando eu disse que os EUA forjaram uma guerra contra o EI para venderem armas a quem pode pagar por elas. Os árabes são os primeiros “otários” e breve outros sheiks com mania de grandeza lhes seguirão os passos e comprarão também algumas arminhas dos EUA. Mas depois dos norte-americanos ainda têm os ingleses, os franceses, os belgas e com sorte, até italianos e possivelmente alemães.; Todos tentarão tirar uma “casquinha” dos babacas (mas riquíssimos) árabes. E quem não comprar armas já viu: As imensas forças armadas do Fictício e Inexistente Estado Islâmico Artificial Made in CIA invadirão o incauto! Se não fosse trágico eu cairia da cadeira de tanto rir! Isso sim é uma notícia do caralho!

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: