MANIFESTO À NAÇÃO BRASILEIRA

“Nós, Generais-de-Exército, antigos integrantes do Alto Comando do Exército e antigos Comandantes de Grandes Unidades situadas em todo o território nacional, abominamos peremptoriamente a recente declaração do Sr. Ministro da Defesa à Comissão Nacional da Verdade  de que as Forças Armadas aprovaram e praticaram atos que violaram direitos humanos no período militar. Nós, que vivemos integralmente este período, jamais aprovamos qualquer ofensa à dignidade humana, bem como quaisquer casos pontuais que, eventualmente surgiram. Vivíamos uma época de conflitos fratricidas, na qual erros foram cometidos pelos dois lados. Os embates não foram iniciados por nós, pois não os desejávamos. E, não devemos nos esquecer do atentado no aeroporto de Guararapes.

A credibilidade dessa comissão vai gradativamente se esgotando pelos inúmeros casos que não consegue solucionar, tornando-se não somente um verdadeiro órgão depreciativo das Forças Armadas, em particular do Exército, como um portal aberto para milhares de indenizações e “bolsas ditadura”, que continuarão a ser pagas pelo erário público, ou seja, pelo povo brasileiro. Falsidades, meias verdades, ações coercitivas e pressões de toda ordem são observadas a miúdo, e agora, de modo surpreendente, acusam as Forças Armadas de não colaborarem nas investigações que, em sua maioria, surgem de testemunhas  inidôneas e de alguns grupos, cuja ideologia é declaradamente contrária aos princípios que norteiam as nossas instituições militares.

A Lei da Anistia  – ratificada em decisão do Supremo Tribunal Federal e em plena vigência –  tem, desde a sua promulgação, amparado os dois lados conflitantes. A Comissão Nacional da Verdade, entretanto, insiste em não considerar esse amparo legal. O lado dos defensores do Estado brasileiro foi totalmente apagado. Só existem criminosos e torturadores. Por outro lado, a comissão criou uma grei constituída de guerrilheiros, assaltantes, sequestradores e assassinos, como se fossem heroicos defensores de uma “democracia” que, comprovadamente, não constava dos ideais da luta armada, e que,  até o presente, eles mesmos não conseguiram bem definir. Seria uma democracia cubana, albanesa ou maoísta? Ou, talvez, uma mais moderna como as bolivarianas?

Sempre que pode a Comissão Nacional da Verdade açula as Forças Armadas, exigindo que elas peçam desculpas. Assim, militares inativos, por poderem se pronunciar a respeito de questões políticas, têm justos motivos para replicarem com denodada firmeza, e um deles é para que não vigore o famoso aforismo “Quem cala consente!”. Hoje, muitos “verdadeiros democratas” atuam em vários níveis de governo, e colocam-se como arautos de um regime que, paulatinamente, vai ferindo Princípios Fundamentais de nossa Constituição. O que nós, militares fizemos foi defender o Estado brasileiro de organizações que desejavam implantar regimes espúrios em nosso país. Temos orgulho do passado e do presente de nossas Forças Armadas. Se houver pedido de desculpas será por parte do ministro. Do Exército de Caxias não virão! Nós sempre externaremos a nossa convicção de que salvamos o Brasil!

 

Generais signatários

 

EONIDAS PIRES GONÇALVES (*); ZENILDO DE LUCENA (*); RUBENS BAYMA DENYS (*), JOSÉ ENALDO RODRIGUES DE SIQUEIRA (**); JOSÉ LUIZ LOPES DA SILVA (**); VALDÉSIO GUILHERME DE FIGUEIREDO (**); RAYMUNDO NONATO CERQUEIRA FILHO (**); PEDRO LUIS DE ARAÚJO BRAGA; ANTÔNIO DE ARAÚJO MEDEIROS; FREDERICO FARIA SODRÉ DE CASTRO; LUIZ GONSAGA SCHOROEDER LESSA; GILBERTO BARBOSA DE FIGUEIREDO; RÔMULO BINI PEREIRA; CLAUDIO BARBOSA DE FIGUEIREDO; DOMINGOS CARLOS DE CAMPOS CURADO; IVAN DE MENDONÇA BASTOS; PAULO CESAR DE CASTRO; LUIZ EDMUNDO MAIA DE CARVALHO; LUIZ CESÁRIO DA SILVEIRA FILHO; CARLOS ALBERTO PINTO E SILVA; JOSÉ BENEDITO DE BARROS MOREIRA; MAYNARD MARQUES SANTA ROSA; RUI ALVES CATÃO; AUGUSTO HELENO RIBEIRO PEREIRA; RUI MONARCA  DA SILVEIRA; AMÉRICO SALVADOR DE OLIVEIRA; e GILBERTO BARBOSA ARANTES.

 

(*) – ANTIGOS MINISTROS DE ESTADO

(**) – ANTIGOS MINISTROS DO STM”

:

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 09/29/2014, em Exército e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Altomar Lima Junior

    Concordo plenamente com os militares, pois esses que julgam agora, são os guerrilheiros que sequestraram e mataram e não são julgados.

    Curtir

  2. A verdade é uma só, os militares quando assumiram o governo o fizeram diante das muitas situacões perigosas para a nossa democracia, portanto, não se pode agora querer provocar cacas as bruxas ou desrespeitar as nossas forcas armadas, diga-se sempre presentes a proteger à Nacão Brasileira, mesmo sem o respeito que merecem, tanto nos equipamentos, soldos e tantas agruras que passam e se Deus quiser não mais passarão.

    Curtir

  3. Concordo plenamente com esse manifesto. Entretanto se vocês só ficarem nessa lenga lenga, não vais resolver nada. Tudo isso que esta escrito eu ja sei de cor, pois vivi como profissional nas Industrias Mecânicas, e nunca tive dificuldade para provar varias vezes que eu era um cidadão quites com meus “deveres”. Bastando apenas mostrar Minha Carteira Profissional com registro legal de trabalhador á qualquer autoridade Policial quando parado em uma BLITZ.

    Tombem não tinha “demenor” cantando de galo e afrontando trabalhador para assalta-lo
    Agora façam alguma coisa… antes que a historia tenha que se repetir tudo de novo. Ou vocês ja estão PeTizados também???

    Curtir

  4. EDILON BECKER

    SÓ TENHO A AGRADECER AO EXERCITO PELO QUE FEZ E QUE AIND FAZ PELO BRASIL…..SÃO OS NOSSOS SALVADORES OBRIGADO

    Curtir

  5. eadem@ig.com.br

    Como brasileiro cônscio da minha cidadania plena, reitero meu total apoio à causa dos militares vilipendiados e ofendidos gratuitamente pela malta que desgoverna este país.

    Reafirmo minha disposição de, se necessário for, voltar a pegar em armas para defender esta Nação e suas instituições legais contra a subversão dos comunistóides ladravazes que só querem manter este país como burra a ser saqueada e prostíbulo a ser usufruído na bacanal dos excessos das quadrilhas esquerdistas.

    Todo brasileiro de vergonha na cara deverão empunhar esta mesma bandeira aliás, sempre defendida pelos nossos bravos soldados.

    Desperta Brasil!

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: