General já fala em “eventual intervenção militar”; democratas não vão reagir

Reproduzimos artigo de general que pede apoio civil a uma intervenção militar. Trata-se de clara incitação ao golpe, um ataque frontal à Democracia:

“Não basta pedir uma atitude dos militares, é preciso que os civis esclarecidos e convencidos do perigo ostentem massivamente suas posições e opiniões e que contribuam para magnetizar a agulha que definirá o novo rumo a ser tomado”.

Cinquenta anos depois, a pregação autoritária se espalha pelas redes sociais. E não são apenas generais que defendem o golpe. É preciso reagir. (Rodrigo Vianna)
Na causa da democracia, quem está dispensado?

Por General de Brigada Paulo Chagas, na página da Revista Sociedade Militar

A debacle da Suprema Corte, desmoralizada por arranjos tortuosos que transformaram criminosos em vítimas da própria Justiça, compromete a crença dos brasileiros nas instituições republicanas e se soma às muitas razões que fazem com que, com frequência e veemência cada vez maior, os Generais sejam instados a intervir na vida nacional para dar outro rumo ao movimento que, cristalinamente, está comprometendo o futuro do Brasil.

Os militares em reserva se têm somado aos civis que enxergam em uma atitude das Forças Armadas a tábua da salvação para a Pátria ameaçada, quando não são eles próprios os alvos do clamor daqueles que já identificam nas imagens dramáticas da capital venezuelana a cor fúnebre do nosso destino.

Ao exercerem seu direito legal de opinar e criticar, os militares da reserva diferem entre si na forma, na intensidade e na oportunidade de uma eventual intervenção militar que venha a dissuadir as pretensões mais ousadas dos dissimulados adeptos da versão “bolivariana” do comunismo de sempre, todavia, são coincidentes e uníssonos no rebatimento de acusações mentirosas que, divulgadas de forma criminosa, visam a criar na sociedade o receio de ter os militares como fiadores da democracia.

Entre os civis esclarecidos é fácil perceber a confiança no discernimento e no patriotismo dos soldados. Todos querem que os Generais “façam alguma coisa”, mas ainda são poucos os que se dispõem a fazer o que está ao seu alcance. Poucos são os que adotam atitudes concretas e manifestam-se pública, individual e coletivamente, em defesa dos governos militares, escrevendo para os jornais ou protestando contra a hipocrisia e as más intensões das “comissões da verdade”.

No momento atual, a causa da democracia não dispensa o concurso de ninguém. Seria portanto uma importante contribuição se todos os civis que têm as Forças Armadas como última razão da liberdade e a garantia dos fundamentos constitucionais pusessem suas opiniões a público, em artigos, manifestações, textos, “cartas do leitor” e outros recursos do gênero e não apenas em comentários restritos à leitura dos poucos profissionais da mídia que ainda ousam remar contra a correnteza ou dos escribas de mídias sociais que, mesmo comprometidos com a causa, têm apenas seu limitado e débil sopro para tentar enfunar as velas da embarcação.

A opinião pública está dispersa, contudo não é difícil identificar o que rejeita. Também não é fácil definir com quem está e o que quer. Falta-lhe um “norte confiável”. As pessoas de bem, informadas, estão com medo do futuro, acuadas até para reagir e para manifestarem-se pacificamente. Não basta, portanto, pedir uma atitude dos militares, é preciso que os civis esclarecidos e convencidos do perigo ostentem massivamente suas posições e opiniões e que contribuam para magnetizar a agulha que definirá o novo rumo a ser tomado.

As “Marchas da Família com Deus Pela Liberdade”, programadas para o mês que se inicia, são um bom começo para esta soma de esforços e para reafirmar o que, há cinquenta anos, fez com que o Brasil fosse visto e admirado como a “Nação que salvou a si própria”!

 

Fonte: http://folhadiferenciada.blogspot.com.br/2014/03/general-ja-fala-em-eventual-intervencao.html

Anúncios

Sobre Francisco Santos

Francisco Santos é jornalista a mais de 5 anos, hoj é correspondente do Jornal Diário do Estado (Paraná), em seus momentos livres escreve para o Blog Alvo na TV, com colunas críticas, imparcial, profissional ao extremo e dedicad ao mundo da TV. É fundador e dono do Blog de defesa Guerra & Armas, que já conta com um crescimento considerável e esta prestes a se tornar um dos maiores Blogs de defesa do país, com compromisso e credibilidade o jornalista Francisco Santos mostra toda sua qualidade e amor ao que faz.

Publicado em 09/08/2014, em Exército. Adicione o link aos favoritos. 21 Comentários.

  1. Mas que barbaridade tchê!

    Curtir

  2. eadem@ig.com.br

    Se os militares quiserem mesmo voltar a governar o Brasil, contem comigo para ajudá-los a exterminar de vez e sem piedade todos os vermelhos e até mesmo os ‘róseos’ existentes por aqui.

    Curtir

  3. muita falação mas nenhumaação

    Curtir

  4. Tomará que não cometam o erro duas vezes, que é poupar os vermelhinhos, e imagina que o nome “Estela´´ caiu na nos ouvidos de Médici o que para mim foi muito ingênuo da parte dele.

    Curtir

  5. Os erros e acertos de nossa história devem permanecer na história.
    Que sirvam de consulta e que guiem este pais por um caminho mais correto.
    Temos muito por fazer na educação, na infra-estrutura e na moralização deste pais.
    E se for para se fazer comissões da verdade, gostaria que tivéssemos mais uma e que nela estivessem alguns militares ( para garantir a lisura e a onestidade) e que ela investigue os desvios, manobras, subornos, esbulhos feitos pelos políticos que estão no poder. Nosso golpe militar atual não precisa de militares no poder e nem nas ruas, mas de políticos na cadeia.
    O povo sabe das armações políticas e que não somos representados por nossos políticos, mas esta democracia não possui ferramentas para a defesa destas construções maquiavélicas. E neste mandato vimos claramente que a arma que tínhamos (stf) está corrompida e por tanto se fez ineficaz.
    Desculpem o desabafo, mas estou cansado deste Brasil feito por estes políticos.

    Curtir

  6. deuslene ney de alcantara

    Date: Tue, 9 Sep 2014 00:52:58 +0000 To: deuslene.alcantara@hotmail.com

    Curtir

  7. Reproduzimos artigo de general que pede apoio civil a uma intervenção militar. Trata-se de clara incitação ao golpe, um ataque frontal à Democracia: (citação da matéria)

    Sempre que um General tem boas intenções…la vem os hipócritas com o velho chavão DE ATAQUE A DEMOCRACIA… QUE DISSE QUE TEMOS DEMOCRACIA NESSES 16 ANOS??? Temos um bando de Sangue Sugas no Planalto a desviar verbas para os Paraísos Fiscais.. Dos 56 bilhões que tiveram que contratar um carro Forte para tira-lo do Aeroporto em Portugal e Levar ate o Bando; ninguém fala.

    Curtir

    • Concordo,
      O autor escreveu tal qual um ptralha.
      Golpe e Ataque frontal e assassinato da democracia é o que essa facção criminosa que se instalou no governo está fazendo.
      Intervenção Militar Já !
      E se preciso for, estarei lá.

      Curtir

  8. Não vivi na época do regime militar, e sei que nesse site a maioria apoia os militares, mas ainda não entendi o porque de uma intervenção militar mais uma vez. O povo aos poucos esta acordando, indo atrás dos seus direitos através de abaixo-assinados, greves, manifestações e etc. Não estou apoiando nem direita nem esquerda, apenas democracia, e pelo que eu saiba o Brasil pós regime militar está melhor que durante o regime, apesar de ainda estar um caco.

    Curtir

  9. O Murilo, um pouco é falta de visão, de conhecimento e também inconsequência de quem pensa assim. De resto, concordo contigo, o país está mudando p melhor, talvez n mais rápido devido a mentalidades jurássicas q ainda permeiam entre nós. Mas vamos devagarinho como quem dá comida p loco. Abç.

    Curtir

  10. A democracia no Brasil morreu dia 15 de novembro de 1889, depois disso sempre tivemos o pior de sistema de governos que poderiam oferecer:

    – 4 ditaduras.
    – 6 constituições diferentes.
    – 4 presidente depostos. (5 se esse da matéria acontecer)
    – 2 presidente renunciaram e 3 impedidos.
    – 6 vezes o congresso foi dissolvido.
    – E inúmeras ”revoluções”, atos institucionais e estados de sitio.

    A primeira constituição foi a que mais durou no país e se esse golpe acontecer vai ser para tirar ladrões autoritários e corruptos estão no poder.

    Curtir

  11. A democracia pode n ser perfeita, no entanto, creio ser o melhor sistema e com o passar do tempo, principalmente com os erros, vai sendo depurada. Estamos no caminho indiada véia, como falava meu bisavô, num trancão de convidado. Vamos fazendo nossa parte como por ex: fiscalizar a câmara de vereadores da nossa cidade. Isso é cidadania, participação ativa, lá podemos fazer mais do que reclamar e choramingar. É pouco? Talvez mas é um começo.

    Curtir

    • Eleição no Brasil se resume a você estar em um navio naufragando e você ir no bote salva-vidas que tiver menos furos, o problema é saber qual deles tem menos furos.

      Agora sobre o tempo estamos falando uma espera de 192 anos e paciência não é o ponto forte de muita gente.

      No ultimo ponto é difícil essa possibilidade já que os mesmos que colocamos lá para ”servir ao povo” eventualmente nos debocha.

      Seja mais realista.

      Curtir

  12. mr.anonimo

    se estes militares n cometerem certos “abusos” eles podemtmar o poder ,talvez ,caso eles tenham um sitema geopolitico que concilie um crescimento economico e social constante
    os abusos seriam:
    -censurar a imprensa ,acho q o cidado tem pleno direito de saber oq os ditadores estao fazendo;
    -serem tolerantes com a imprensa,a miidia vai sempre criminalizar isso ,eles devem tolerar ,sem censurar nada;
    -n torra toda a grana com armas,veja a alemanha nazidssta,a urss,tds regimes ditadoriais ,se els tivessem investindo na sua populaçao ao inves de armamento n estariam crebados e a sua polpulaçao n passaria dfome ,acho q eles se tomarem devem endireittar o brasil n querer transformar-lo numa suporpotencia utilizando a força
    alguem fala pra esse general ae q pode toma o poder mas antes faça tintin por tintin isso q eu dise

    Curtir

    • – Se a tal tomada de poder acontecer é difícil dizer se vai ter censura ou não como da ultima vez, porem muitos erros cometidos pelos militares de 64 provavelmente não seriam cometidos de novo.
      – O atual é governo é intolerante a mídia, então não vai fazer diferença, se fazem de ”vitimas” para tentar esconder a incompetência deles, dai o termo ”PIG”.
      – Os últimos governos militares fizeram algumas modernizações na forças armadas mas não abusaram das contas publicas, é bem possível que haveria um ligeiro aumento e reforma do orçamento militar, porem não a ponto de chegarmos a economia Keynesiana.

      Curtir

  13. É possível sim q aumentem o nº de oficiais Gen, oq na verdade deveria ser diminuído em +- 50% sem perda da operacionalidade, oque possibilitaria aumentar a tropa de praças, principalmente nas regiões norte e centro-oeste, podendo também capacitar com treinamento mais qualificado todas as FA do BR. Se a Pr não fosse uma democrata, deveria mandar prender esse borra botas representante de uma mentalidade jurássica e capitalista q quer q tudo fique como dantes.

    Curtir

  14. Isso mesmo! Bem ao estilo ”o grande expurgo” de Stalin, os nazista agradecem, vamos mandar prender todos os generais da forças armadas e mostrar ao Brasil e ao resto do mundo o quanto nossa ”democracia” é estável!

    Curtir

  15. Já q falou em Stalin, apesar de ter deturpado as idéias de Lênin foi um grande líder, e se n fosse ele, provavelmente estaríamos em algum campo de concentração nazista servindo ao VI Reich ou coisa parecida. Todos não, só 50%. Faz uma comparação com países q estão em constante conflito pelo mundo e a proporção Gen. X praças e vai entender oq digo.

    Curtir

Esse espaço é para debate de assuntos relacionados ao Blog, fique á vontade para comentar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: